"Mensagem da Rainha da Paz"

MENSAGEM DA RAINHA DA PAZ EM MEDJUGORJE DE 02.10.2017 "Queridos filhos, falo a vocês como MÃE, com palavras simples mas cheias de amor e de preocupação, que ME foram confiados por MEU FILHO. É ELE que, do ETERNO PRESENTE, fala a vocês com palavras de vida e semeia o amor nos corações abertos, Por esta razão os peço, apóstolos do MEU AMOR, tenham os corações abertos, sempre prontos à misericórdia e ao perdão. Pelo MEU FILHO, perdoem sempre ao próximo porque assim vocês terão a paz. Filhos MEUS, preocupem-se com a alma de vocês porque é a única coisa que pertence a vocês realmente. Vocês se esqueceram da importância da família. A família não deveria ser lugar de sofrimento e de dor mas local de compreensão e de ternura. As famílias que vivem segundo o MEU FILHO, vivem em amor recíproco. Quando o MEU FILHO era ainda pequeno, ELE ME dizia que todos os homens são SEUS irmãos; por isso lembrem-se, apóstolos do MEU AMOR, que todos os homens que vocês encontrarem são família, irmãos pelo MEU FILHO. Filhos MEUS, não esqueçam nunca de rezar pelos seus sacerdotes. Rezem para que possam aceitar todos os homens como seus próprios filhos e segundo o MEU FILHO, sejam pais espirituais. Obrigada. "
MENSAGEM DA RAINHA DA PAZ EM MEDJUGORJE DE 25.03.2017 “Queridos filhos! Neste tempo de graça convido todos vocês a abrirem seus corações à misericórdia de Deus, para que, através da oração, da penitência e da decisão pela santidade, comecem uma vida nova. Este tempo primaveril os estimula, em seus pensamentos e corações, a uma vida nova, a uma renovação. Por isso, filhinhos, Eu estou com vocês para ajudá-los a dizerem, com determinação, "sim" a Deus e aos mandamentos de Deus. Vocês não estão sozinhos, Eu estou com vocês por meio da graça que o Altíssimo me concede para vocês e para seus descendentes. Obrigada por terem respondido ao meu chamado.”

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Rezemos como Santa Faustina:

Jesus misericordioso, eu confio em Vós!
Nada me trará medo ou inquietação.
Eu confio em Vós, de manhã e à noite, na alegria e no sofrimento,
Na tentação e no perigo, na felicidade e no infortúnio,
Na vida e na morte, agora e para sempre.
Eu confio em Vós e na oração e no trabalho,
Na vitória e no fracasso, acordada ou a descansar,
Na tribulação e na tristeza, nos meus próprios erros e pecados
Eu quero ter inabalável confiança em Vós.
Sois a âncora da minha esperança,
A estrela da minha peregrinação,
O apoio da minha fraqueza,
O perdão dos meus pecados,
A força da minha bondade,
A perfeição da minha vida,
O consolo na hora da minha morte,
A alegria e bênção do meu Céu.
Jesus misericordioso, Vós, forte tranquilidade
E fortaleza segura da minha alma,
Aumentai a minha confiança e tornai perfeita a minha fé
No vosso poder e bondade.
Se eu for a mais pobre das vossas devotas, e a última das vossas servas,
Desejo, porém, tornar-me grande e perfeita, confiando
Que Vós sois a minha Salvação pelos séculos dos séculos.
Que esta minha confiança seja uma referência para Vós,
Agora e em todos os tempos, sobretudo na hora da minha morte!
Amém.
Santa Faustina

Sede santos!

“A vocação do cristão é a santidade, em todo momento da vida. Na primavera da juventude, na plenitude do verão da idade madura, e depois também no outono e no inverno da velhice, e por último, na hora da morte.”  
Papa João Paulo II 
Às vezes se pensa que a santidade é um privilégio reservado a alguns poucos eleitos. Na realidade, chegar a ser santo é a tarefa de cada cristão, mais ainda, poderíamos dizer, de cada homem! 
Papa Bento XVI 

A vida cristã insiste em seguir em frente, e, com ela, necessariamente, a vida de família

Síria: um casamento em uma igreja sem teto desafia os bombardeios, a morte e o terror - As imagens arrepiantes de um gesto de fé, amor e esperança no meio de ruínas de Homs.
Em Homs, cidade mártir da Síria desolada pelo horror do Estado Islâmico, um casal enfrentou a guerra e disse SIM ao amor, como acontece em tantas outras cidades do país, apesar do medo e da violência insana que pareceriam ter sepultado toda esperança no futuro.
O SIM desse casal foi pronunciado na igreja ortodoxa grega de São Jorge, em grande parte destruída pelas bombas e pelos combates, assim como tantas e tantas outras construções da cidade e do país inteiro.
A vida cristã insiste em seguir em frente, e, com ela, necessariamente, a vida de família. O amor de entrega mútua e aberto à vida resiste e vence, firme, de pé nas ruínas, abençoado pelo céu que se abre sobre uma igreja sem teto e de paredes brutalmente machucadas. O amor sabe que não são as paredes nem o teto materiais que fazem a Igreja.
"Três coisas permanecem: a fé, a esperança e o amor. A maior de todas, porém, é o amor." - São Paulo 
"O melhor ainda está por vir." - Papa Francisco
Que Deus abençoe o casal e todo o bravo e martirizado povo da Síria, concedendo-lhes o dom da paz. Amém.

Evangelho do dia - 31.08.2015 (Lc 4,16-30)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo +  segundo Lucas

Naquele tempo, 16veio Jesus à cidade de Nazaré, onde se tinha criado. Conforme seu costume, entrou na sinagoga no sábado, e levantou-se para fazer a leitura. 17Deram-lhe o livro do profeta Isaías. Abrindo o livro, Jesus achou a passagem em que está escrito: 18“O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me consagrou com a unção para anunciar a Boa Nova aos pobres; enviou-me para proclamar a libertação aos cativos e aos cegos a recuperação da vista; para libertar os oprimidos 19e para proclamar um ano da graça do Senhor”. 20Depois fechou o livro, entregou-o ao ajudante e sentou-se. Todos os que estavam na sinagoga tinham os olhos fixos nele. 21Então começou a dizer-lhes: “Hoje se cumpriu esta passagem da Escritura que acabastes de ouvir”. 22Todos davam testemunho a seu respeito, admirados com as palavras cheias de encanto que saíam da sua boca. E diziam: “Não é este o filho de José?” 23Jesus, porém, disse: “Sem dúvida, vós me repetireis o provérbio: Médico, cura-te a ti mesmo. Faze também aqui, em tua terra, tudo o que ouvimos dizer que fizeste em Cafarnaum”. 24E acrescentou: “Em verdade eu vos digo que nenhum profeta é bem recebido em sua pátria. 25De fato, eu vos digo: no tempo do profeta Elias, quando não choveu durante três anos e seis meses e houve grande fome em toda a região, havia muitas viúvas em Israel. 26No entanto, a nenhuma delas foi enviado Elias, senão a uma viúva que vivia em Sarepta, na Sidônia. 27E no tempo do profeta Eliseu, havia muitos leprosos em Israel. Contudo, nenhum deles foi curado, mas sim Naamã, o Sírio”. 28Quando ouviram estas palavras de Jesus, todos na sinagoga ficaram furiosos.29Levantaram-se e o expulsaram da cidade. Levaram-no até o alto do monte sobre o qual a cidade estava construída, com a intenção de lançá-lo no precipício. 30Jesus, porém, passando pelo meio deles, continuou o seu caminho.
- Palavra da Salvação.


domingo, 30 de agosto de 2015


Tudo é Do Pai




Catecismo da Igreja Católica

DOMINGO - DIA DO SENHOR  
Participe da Eucaristia em sua paróquia!
§ 1406Jesus disse: "Eu sou o pão vivo, descido do céu. Quem come deste pão viverá eternamente. (...) Quem come a minha Carne e bebe o meu Sangue tem vida eterna. (...) permanece em mim e eu nele."  - Jo 6,51.54.56 
"O alimento da alma é o Corpo e o Sangue de Deus!…Oh! formoso alimento! A alma não se pode alimentar senão de Deus. Só Deus pode bastar-lhe. Só Deus pode saciá-la. Fora de Deus não há nada que possa saciar-lhe a fome.” - São João Maria Vianney

 


"O amor supera a justiça. 
A justiça é dar ao outro o que é dele. 
O amor é dar ao outro o que é meu."

Evangelho do dia 30.08.2015 (Mc 7,1-8.14-15.21-23)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos

Naquele tempo, 1os fariseus e alguns mestres da Lei vieram de Jerusalém e se reuniram em torno de Jesus.2Eles viam que alguns dos seus discípulos comiam o pão com as mãos impuras, isto é, sem as terem lavado.3Com efeito, os fariseus e todos os judeus só comem depois de lavar bem as mãos, seguindo a tradição recebida dos antigos. 4Ao voltar da praça, eles não comem sem tomar banho. E seguem muitos outros costumes que receberam por tradição: a maneira certa de lavar copos, jarras e vasilhas de cobre. 5Os fariseus e os mestres da Lei perguntaram então a Jesus: “Por que os teus discípulos não seguem a tradição dos antigos, mas comem o pão sem lavar as mãos?” 6Jesus respondeu: “Bem profetizou Isaías a vosso respeito, hipócritas, como está escrito: ‘Este povo me honra com os lábios, mas seu coração está longe de mim. 7De nada adianta o culto que me prestam, pois as doutrinas que ensinam são preceitos humanos’. 8Vós abandonais o mandamento de Deus para seguir a tradição dos homens”. 14Em seguida, Jesus chamou a multidão para perto de si e disse: “Escutai, todos, e compreendei: 15o que torna impuro o homem não é o que entra nele vindo de fora, mas o que sai do seu interior. 21Pois é de dentro do coração humano que saem as más intenções, imoralidades, roubos, assassínios, 22adultérios, ambições desmedidas, maldades, fraudes, devassidão, inveja, calúnia, orgulho, falta de juízo. 23Todas estas coisas más saem de dentro, e são elas que tornam impuro o homem”.
- Palavra da Salvação.

sábado, 29 de agosto de 2015




Evangelho do dia - 29.08.2015 (Mc 6,17-29)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos

Naquele tempo, 17Herodes tinha mandado prender João, e colocá-lo acorrentado na prisão. Fez isso por causa de Herodíades, mulher de seu irmão Filipe, com quem se tinha casado. 18João dizia a Herodes: “Não te é permitido ficar com a mulher do teu irmão”. 19Por isso Herodíades o odiava e queria matá-lo, mas não podia.20Com efeito, Herodes tinha medo de João, pois sabia que ele era justo e santo, e por isso o protegia. Gostava de ouvi-lo, embora ficasse embaraçado quando o escutava. 21Finalmente, chegou o dia oportuno. Era o aniversário de Herodes, e ele fez um grande banquete para os grandes da corte, os oficiais e os cidadãos importantes da Galileia. 22A filha de Herodíades entrou e dançou, agradando a Herodes e seus convidados. Então o rei disse à moça: “Pede-me o que quiseres e eu to darei”. 23E lhe jurou dizendo: “Eu te darei qualquer coisa que me pedires, ainda que seja a metade do meu reino”. 24Ela saiu e perguntou à mãe: “O que vou pedir?” A mãe respondeu: “A cabeça de João Batista”. 25E, voltando depressa para junto do rei, pediu: “Quero que me dês agora, num prato, a cabeça de João Batista”. 26O rei ficou muito triste, mas não pôde recusar. Ele tinha feito o juramento diante dos convidados. 27Imediatamente, o rei mandou que um soldado fosse buscar a cabeça de João. O soldado saiu, degolou-o na prisão, 28trouxe a cabeça num prato e a deu à moça. Ela a entregou à sua mãe.29Ao saberem disso, os discípulos de João foram lá, levaram o cadáver e o sepultaram.
- Palavra da Salvação.


sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Oração de Santo Agostinho

28 de agosto - Santo Agostinho

Celebramos neste dia a memória do grande Bispo e Doutor da Igreja que nos enche de alegria, pois com a Graça de Deus tornou-se modelo de cristão para todos. Agostinho nasceu em Tagaste, no norte da África, em 354, filho de Patrício (convertido) e da cristã Santa Mônica, a qual rezou durante 33 anos para que o filho fosse de Deus.

Aconteceu que Agostinho era de grande capacidade intelectual, profundo, porém, preferiu saciar seu coração e procurar suas respostas existentes tanto nas paixões, como nas diversas correntes filosóficas, por isso tornou-se membro da seita dos maniqueus.
Com a morte do pai, Agostinho procurou se aprofundar nos estudos, principalmente na arte da retórica. Sendo assim, depois de passar em Roma, tornou-se professor em Milão, onde envolvido pela intercessão de Santa Mônica, acabou frequentando, por causa da oratória, os profundos e famosos Sermões de Santo Ambrósio. Até que por meio da Palavra anunciada, a Verdade começou a mudar sua vida.
O seu processo de conversão recebeu um “empurrão” quando, na luta contra os desejos da carne, acolheu o convite: “Toma e lê”, e assim encontrou na Palavra de Deus (Romanos 13, 13ss) a força para a decisão por Jesus:
“…revesti-vos do Senhor Jesus Cristo…não vos abandoneis às preocupações da carne para lhe satisfazerdes as concupiscências.
Santo Agostinho, que entrou no Céu com 76 anos de idade (no ano 430), converteu-se com 33 anos, quando foi catequizado e batizado por Santo Ambrósio. Depois de “perder” sua mãe, voltou para a África, onde fundou uma comunidade cristã ocupada na oração, estudo da Palavra e caridade. Isto, até ser ordenado Sacerdote e Bispo de Hipona, santo, sábio, apologista e fecundo filósofo e teólogo da Graça e da Verdade.
Santo Agostinho, rogai por nós!

E cuidem bem de Medjugorje
porque Medjugorje 
é a esperança para o mundo inteiro!
Papa João Paulo II

FIQUEM ATENTOS:

Resultado de imagem para recompensa em deusA ESTRATÉGIA para a destruição da fé Católica, sem mudar a "placa" da Igreja, evolui todo o tempo. Atualmente, os grupos que trabalham nesse sentido defendem, em nome da Nova Ordem Mundial, anticristã, atrocidades contra as leis naturais e morais que Nosso Senhor criou e nos deixou, e ainda assim gritam em alto e bom som: "sou católico!" Nada melhor que inocular um vírus no organismo da Igreja que a destrói lentamente e sem nenhuma resistência.
Precisamos lutar para restabelecer nosso "sistema imunológico", isso só será possível nos voltando para a Verdade do Verbo Encarnado, tal qual a Tradição, o Magistério e a Escritura nos orientam há 2000 mil anos. Nosso Senhor é o mesmo e único eternamente, Ele não muda.
Escolha defender a Verdade. Estude, ore e trabalhe com o pensamento e ações voltados para o Céu e não para agradar o mundo.
Sabemos que a vitória não se dará por um triunfo histórico da Igreja [‪#‎catecismo‬, § 675 a § 677], mas será dada pelo próprio Cristo após o grande abalo cósmico desse mundo que passará, com efeito, quando esse dia chegar, cuidemos para estar do lado certo.



Tem gente que consegue ser especial nos pequenos gestos de amor.

Evangelho do dia - 28.08.2015 (Mt 25,1-13)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos esta parábola: 1”O Reino dos Céus é como a história das dez jovens que pegaram suas lâmpadas de óleo e saíram ao encontro do noivo. 2Cinco delas eram imprevidentes, e as outras cinco eram previdentes. 3As imprevidentes pegaram as suas lâmpadas, mas não levaram óleo consigo. 4As previdentes, porém, levaram vasilhas com óleo junto com as lâmpadas. 5O noivo estava demorando e todas elas acabaram cochilando e dormindo. 6No meio da noite, ouviu-se um grito: ‘O noivo está chegando. Ide a seu encontro!’ 7Então as dez jovens se levantaram e prepararam as lâmpadas. 8As imprevidentes disseram às previdentes: ‘Dai-nos um pouco de óleo, porque nossas lâmpadas estão se apagando’. 9As previdentes responderam: ‘De modo nenhum, porque o óleo pode ser insuficiente para nós e para vós. É melhor irdes comprar aos vendedores’. 10Enquanto elas foram comprar óleo, o noivo chegou, e as que estavam preparadas entraram com ele para a festa de casamento. E a porta se fechou. 11Por fim, chegaram também as outras jovens e disseram: ‘Senhor! Senhor! Abre-nos a porta!’12Ele, porém, respondeu: ‘Em verdade eu vos digo: Não vos conheço!’ 13Portanto, ficai vigiando, pois não sabeis qual será o dia, nem a hora”.
- Palavra da Salvação.


quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Superação e Fé



Oremos


Senhor Jesus Cristo, Tu nos ensinaste a orar ao Pai em teu nome e nos garantiste que tudo o que pedíssemos, receberíamos. Por isso, nós nos voltamos a ti com plena confiança para pedir-te a graça e a força de perseverar nesta tempestade, para alcançar a paz e a segurança antes que seja tarde demais. Esta é a nossa oração e, mesmo que nos pareça impossível, confiamos nós mesmos a ti para que nos dês tudo de que precisamos para a nossa sobrevivência e para o nosso futuro. Ajuda-nos, Pai, em nome do teu Filho crucificado e ressuscitado, Jesus, a continuar trabalhando juntos, a ser livres, responsáveis e amorosos, a cumprir a tua vontade com alegria, atenção e coragem. Em Caná, a Mãe de Jesus foi a primeira a notar que faltava o vinho. Por intercessão dela, ó Pai, nós te pedimos que transformes a nossa situação da morte para a vida, assim como o teu Filho transformou a água em vinho. Amém.

Pároco brasileiro em Gaza: "aqui falta tudo"

Gaza: situação atual 
Depois da guerra, foi prometido muito dinheiro para a reconstrução e, ainda, um ano depois, nós, na verdade, não vemos um grande trabalho em termos de reconstrução. Governos como o Catar, como os Estados Unidos, tiveram problemas políticos, porque não sabiam se esse dinheiro iria para esta ou aquela outra pessoa, se iriam para este governo ou aquele outro: são problemas reais, mas já passou um ano e nós não vemos grandes trabalhos de reconstrução. Isto é, as pessoas que perderam suas casas ainda estão vivendo no meio dos escombros e as crianças vão à escola entre os escombros e muitas escolas são usadas por aqueles que perderam tudo. No inverno passado, algumas crianças morreram de frio... Aqui falta tudo: não há comida, não há gás, porque especialmente após a guerra foi um pouco tudo fechado, também da parte do Egito e até mesmo do lado de Israel: entram menos coisas e os preços são muito altos!
Padre Mario da Silva, da Congregação do Verbo Encarnado

“Tudo pode ser mudado pela força da oração”

Como cristã exemplar que era, Mônica preocupava-se com a conversão de sua família, por isso se consumiu na oração pelo esposo violento, rude, pagão e, principalmente, pelo filho mais velho, Agostinho, que vivia nos vícios e pecado. A história nos testemunha as inúmeras preces, ultrajes e sofrimentos por que Santa Mônica passou para ver a conversão e o batismo, tanto de seu esposo, quanto daquele que lhe mereceu o conselho: 
“Continue a rezar, pois é impossível que se perca um filho de tantas lágrimas”.
Santa Mônica tinha três filhos. E passou a interceder, de forma especial, por Agostinho, dotado de muita inteligência e uma inquieta busca da verdade, o que fez com que resolvesse procurar as respostas e a felicidade fora da Igreja de Cristo. Por isso se envolveu em meias verdades e muitas mentiras. Contudo, a mãe, fervorosa e fiel, nunca deixou de interceder com amor e ardor, durante 33 anos, e antes de morrer, em 387, ela mesma disse ao filho, já convertido e cristão: 
“Uma única coisa me fazia desejar viver ainda um pouco, ver-te cristão antes de morrer”.
Por esta razão, o filho Santo Agostinho, que se tornara Bispo e doutor da Igreja, pôde escrever: 
“Ela me gerou seja na sua carne para que eu viesse à luz do tempo, seja com o seu coração para que eu nascesse à luz da eternidade”.
Santa Mônica, rogai por nós!

Evangelho do dia - 27.08.2015 (Mt 24,42-51)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 42”Ficai atentos, porque não sabeis em que dia virá o Senhor!43Compreendei bem isso: se o dono da casa soubesse a que horas viria o ladrão, certamente vigiaria e não deixaria que a sua casa fosse arrombada. 44Por isso, também vós ficai preparados! Porque na hora em que menos pensais, o Filho do Homem virá. 45Qual é o empregado fiel e prudente, que o senhor colocou como responsável pelos demais empregados, para lhes dar alimento na hora certa? 46Feliz o empregado, cujo senhor encontrar agindo assim, quando voltar. 47Em verdade vos digo, ele lhe confiará a administração de todos os seus bens. 48Mas, se o empregado mau pensar: ‘Meu senhor está demorando’, 49e começar a bater nos companheiros, a comer e a beber com os bêbados;50então o senhor desse empregado virá no dia em que ele não espera, e na hora que ele não sabe. 51Ele o partirá ao meio e lhe imporá a sorte dos hipócritas. Ali haverá choro e ranger de dentes”.
- Palavra da Salvação.