"Mensagem da Rainha da Paz"

MENSAGEM DA RAINHA DA PAZ EM MEDJUGORJE DE 02.12.2017 “"Queridos filhos, falo a vocês como sua Mãe, Mãe dos justos, Mãe daqueles que amam e suportam, Mãe dos santos. Meus filhos, vocês também podem ser santos. Isso depende de vocês. Os santos são aqueles que amam sem medidas o Pai Celestial, aqueles que O amam acima de todas as coisas. Portanto, meus filhos, procurem sempre melhorar. Se vocês tentarem ser bons, vocês poderão ser santos, sem pensar que o são. Se vocês pensam que são bons, vocês não são humildes e a soberba os afasta da santidade. Neste mundo inquieto, cheio de provações, suas mãos, apóstolos do meu amor, devem ser estendidas em orações e piedade. Para mim, meus filhos, deem-me jardins de rosas, rosas que eu amo tanto. Minhas rosas são as suas orações ditas com o coração e não apenas recitadas com os lábios. Minhas rosas são suas obras, orações, fé e amor. Quando meu Filho era pequeno, Ele me dizia que meus filhos seriam muitos e eles me trariam muitas rosas. Eu não O compreendia. Agora eu sei que esses filhos são vocês, que vocês me trazem rosas quando vocês amam ao meu Filho acima de tudo, quando vocês rezam com o seu coração, quando vocês ajudam os mais pobres. Estas são minhas rosas; esta é a fé que faz com que tudo na vida seja feito com amor, que não se conheça a soberba, que se seja pronto para perdoar, nunca julgar e sempre tentar entender seu próprio irmão. Portanto, apóstolos do meu amor, rezem por aqueles que não sabem amar, aqueles que não os amam, os que fizeram mal a vocês, aqueles que não conheceram o amor do meu Filho. Meus filhos, isso é o que eu procuro em vocês, porque, lembrem-se de que rezar significa amar e perdoar. Obrigada."”
MENSAGEM DA RAINHA DA PAZ EM MEDJUGORJE DE 25.11.2017 “Queridos filhos! Neste tempo de graças os convido à oração. Rezem e procurem a paz, filhinhos. Ele, que veio aqui sobre a terra para doar lhes a Sua paz, sem fazer diferenças de que vocês são ou o que são – Ele, meu Filho, seu Irmão – por meio de mim os convida à conversão, porque sem Deus vocês não têm nem futuro nem a vida eterna. Por isso, creiam, rezem e vivam na graça e na espera do seu encontro pessoal com ELe. Obrigada por terem respondido ao meu chamado.”

domingo, 22 de janeiro de 2017

Consagração ao Sagrado Coração de Jesus

Ditada por Nossa Senhora em 27 de novembro de 1983
Ó Jesus, sabemos que és misericordioso e ofereceste o Teu Coração por nós. Ele está coroado pelos espinhos dos nossos pecados. Sabemos que Tu estás sempre nos suplicando que não nos percamos. Jesus, lembra-Te de nós quando caímos em pecado. Por meio do Teu Coração Santíssimo faze que nos amemos uns aos outros. Desapareça o ódio entre os homens. Mostra-nos o Teu amor. Nós todos Te amamos e pedimos que nos protejas com Teu Coração de bom pastor e nos livres de todo pecado. Entra em cada coração, Jesus! Bate, bate à porta do nosso coração. Sê paciente e nunca desistas. Nós continuamos ainda fechados, porque não compreendemos o Teu amor. Bate sem cessar. Faze, ó bom Jesus, que Te abramos o nosso coração, ao menos no momento em que nos lembramos da Tua paixão, padecida por nós. Amém.
 Resultado de imagem para sagrado coração de jesus

Consagração ao Imaculado Coração de Maria

Ditada por Nossa Senhora em 28 de novembro de 1983 
Ó Coração Imaculado de Maria, ardente de bondade, mostra-nos o Teu amor. A chama do Teu Coração, ó Maria, desça sobre todos os homens! Nós Te amamos imensamente! Imprime em nossos corações o verdadeiro amor, para que sintamos um contínuo desejo de Ti. Ó Maria, humilde e mansa de coração, lembra-Te de nós quando caímos em pecado. Tu sabes que todos os homens pecam. Dá-nos, por meio do Teu Coração Imaculado, sermos curados de toda enfermidade espiritual. Faze que sempre possamos contemplar a bondade do Teu materno Coração e nos convertamos por meio da chama do Teu Coração. Amém.

 Resultado de imagem para imaculado coração de maria

22 de janeiro - SÃO VICENTE PALLOTTI

Vicente Pallotti nasceu em Roma, dia 21 de abril de 1795, numa família de classe média. Com sua mãe aprendeu a amar os irmãos mais pobres, crescendo generoso e bondoso. Enquanto nos estudos mostrava grande esforço e dedicação, nas orações mostrava devoção extremada ao Espírito Santo.
Às vezes sua generosidade preocupava, pois geralmente no inverno, voltava para casa sem os sapatos e o casaco. Em 1818, depois de muito custo, tornou-se sacerdote pela diocese de Roma, onde ocupou cargos importantes na hierarquia da Igreja. Muito culto, obteve o doutorado em Filosofia e Teologia.
Vicente defendia que todo cristão leigo, através do sacramento do batismo, tem o legítimo direito assim como a obrigação de trabalhar pela pregação da fé católica. Fundou, em 1835, a Obra do Apostolado Católico, que envolvia e preparava os leigos para promoverem as suas associações evangelizadoras e de caridade.
Vicente Pallotti morreu em Roma, no dia 22 de janeiro 1850, aos cinquenta e cinco anos de idade. Em 1963, as suas ideias e carisma espiritual foi plenamente reconhecido pelo papa João XXIII que o proclamou santo.


REFLEXÃO:
Vicente Palotti deu prioridade ao engajamento dos leigos na Igreja. Pelo trabalho em comunidade, esperou novos impulsos na evangelização. Com entusiasmo apaixonado, trabalhou pela difusão da fé, animado pelo maior dos mandamentos: A Caridade. Seu exemplo de vida era Jesus Cristo, Deus entre os homens, irmão maior entre irmãos. 
ORAÇÃO: 
Deus Pai de misericórdia, que tudo fizeste para possibilitar que o ser humano fosse redimido, enviando até seu Filho para morar entre nós. Ajudai-nos, pela intercessão de São Vicente Palotti, a responder com fidelidade e amor aos apelos de nossa fé. Por Cristo nosso Senhor. Amém!

Rezai o terço todos os dias!

"Rezai o terço todos os dias! Deixai a Virgem Mãe possuir o vosso coração: confiai-lhe tudo o que sois, tudo o que tendes! E Deus será tudo em todos..." 
Papa Bento XVI



Evangelho do dia - 22.01.2016 (Mt 4,12-23)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus

12Ao saber que João tinha sido preso, Jesus voltou para a Galileia. 13Deixou Nazaré e foi morar em Cafarnaum, que fica às margens do mar da Galileia, 14no território de Zabulon e Neftali, para se cumprir o que foi dito pelo profeta Isaías: 15”Terra de Zabulon, terra de Neftali, caminho do mar, região do outro lado do rio Jordão, Galileia dos pagãos! 16O povo que vivia nas trevas viu uma grande luz, e para os que viviam na região escura da morte brilhou uma luz”. 17Daí em diante Jesus começou a pregar dizendo: “Convertei-vos, porque o Reino dos Céus está próximo”. 18Quando Jesus andava à beira do mar da Galileia, viu dois irmãos: Simão, chamado Pedro, e seu irmão André. Estavam lançando a rede ao mar, pois eram pescadores. 19Jesus disse a eles: “Segui-me, e eu farei de vós pescadores de homens”. 20Eles imediatamente deixaram as redes e o seguiram. 21Caminhando um pouco mais, Jesus viu outros dois irmãos: Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão João. Estavam na barca com seu pai Zebedeu consertando as redes. Jesus os chamou. 22Eles imediatamente deixaram a barca e o pai, e o seguiram. 23Jesus andava por toda a Galileia, ensinando em suas sinagogas, pregando o Evangelho do Reino e curando todo tipo de doença e enfermidade do povo.

— Palavra da Salvação.
Imagem relacionada