"Mensagem da Rainha da Paz"

MENSAGEM DA RAINHA DA PAZ EM MEDJUGORJE DE 02.11.2017 “Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles. Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo. Existem muitos pecados, mas também muito amor. O Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos. Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará. Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam. Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações. Se vocês, meus filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho. Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”
MENSAGEM DA RAINHA DA PAZ EM MEDJUGORJE DE 25.10.2017 “Queridos filhos! Neste tempo de graça, convido-os a serem oração. Todos vocês têm problemas, aflições, sofrimentos e preocupações. Que os santos sejam para vocês um modelo e uma exortação à santidade. Deus estará perto de vocês e, através da sua conversão pessoal, vocês serão renovados em sua busca. A fé será para vocês esperança e a alegria reinará em seus corações. Obrigada por terem correspondido ao meu chamado.”

domingo, 22 de janeiro de 2017

22 de janeiro - SÃO VICENTE PALLOTTI

Vicente Pallotti nasceu em Roma, dia 21 de abril de 1795, numa família de classe média. Com sua mãe aprendeu a amar os irmãos mais pobres, crescendo generoso e bondoso. Enquanto nos estudos mostrava grande esforço e dedicação, nas orações mostrava devoção extremada ao Espírito Santo.
Às vezes sua generosidade preocupava, pois geralmente no inverno, voltava para casa sem os sapatos e o casaco. Em 1818, depois de muito custo, tornou-se sacerdote pela diocese de Roma, onde ocupou cargos importantes na hierarquia da Igreja. Muito culto, obteve o doutorado em Filosofia e Teologia.
Vicente defendia que todo cristão leigo, através do sacramento do batismo, tem o legítimo direito assim como a obrigação de trabalhar pela pregação da fé católica. Fundou, em 1835, a Obra do Apostolado Católico, que envolvia e preparava os leigos para promoverem as suas associações evangelizadoras e de caridade.
Vicente Pallotti morreu em Roma, no dia 22 de janeiro 1850, aos cinquenta e cinco anos de idade. Em 1963, as suas ideias e carisma espiritual foi plenamente reconhecido pelo papa João XXIII que o proclamou santo.


REFLEXÃO:
Vicente Palotti deu prioridade ao engajamento dos leigos na Igreja. Pelo trabalho em comunidade, esperou novos impulsos na evangelização. Com entusiasmo apaixonado, trabalhou pela difusão da fé, animado pelo maior dos mandamentos: A Caridade. Seu exemplo de vida era Jesus Cristo, Deus entre os homens, irmão maior entre irmãos. 
ORAÇÃO: 
Deus Pai de misericórdia, que tudo fizeste para possibilitar que o ser humano fosse redimido, enviando até seu Filho para morar entre nós. Ajudai-nos, pela intercessão de São Vicente Palotti, a responder com fidelidade e amor aos apelos de nossa fé. Por Cristo nosso Senhor. Amém!

Nenhum comentário:

Postar um comentário