"Mensagem da Rainha da Paz"

MENSAGEM DA RAINHA DA PAZ EM MEDJUGORJE DE 02.06.2017 "Queridos filhos, como em outros locais venho até vocês, também aqui estou lhes chamando para a oração. Orem por aqueles que não conhecem o Meu Filho, por aqueles que não conheceram o amor de Deus, contra o pecado, pelos consagrados - para aqueles que meu Filho chamou para ter Amor e espírito de força para com vocês, para com a Igreja. Orem ao Meu Filho, e o amor que você experimentar com a Sua proximidade lhes dará a forças para prepará-los para as obras de amor que farão em Seu nome. Meus filhos, estejam prontos. Esta vez é um ponto de viragem. É por isso que estou lhes chamando de novo para a Fé e a Esperança. Estou lhes mostrando o caminho pelo qual precisam ir, e esse são as palavras do Evangelho. Apóstolos do Meu Amor, o mundo tem tanta necessidade de seus braços levantados para o céu, em direção ao meu Filho, para o Pai Celestial. São necessárias muita humildade e pureza de coração. Tenham confiança no Meu Filho e saibam que vocês sempre podem ser melhores. Meu coração maternal deseja para vocês, apóstolos do meu amor, sejam pequenas luzes do mundo, iluminando aí onde a escuridão quer começar a reinar, mostrando o verdadeiro caminho com sua oração e amor, para salvar as almas. Eu estou com vocês. Obrigado por terem acolhido ao Meu Chamado."
MENSAGEM DA RAINHA DA PAZ EM MEDJUGORJE DE 25.03.2017 “Queridos filhos! Neste tempo de graça convido todos vocês a abrirem seus corações à misericórdia de Deus, para que, através da oração, da penitência e da decisão pela santidade, comecem uma vida nova. Este tempo primaveril os estimula, em seus pensamentos e corações, a uma vida nova, a uma renovação. Por isso, filhinhos, Eu estou com vocês para ajudá-los a dizerem, com determinação, "sim" a Deus e aos mandamentos de Deus. Vocês não estão sozinhos, Eu estou com vocês por meio da graça que o Altíssimo me concede para vocês e para seus descendentes. Obrigada por terem respondido ao meu chamado.”

domingo, 31 de janeiro de 2016


8 dicas para aproveitar melhor a missa

1. Prepare-se adequadamente para a missa
  • Leia e estude as leituras antes de ir à missa, e escute com atenção quando se proclama a Palavra. 
  • Estude os ensinamentos da Igreja. Quanto mais você conhecer Jesus e sua Igreja, mais os amará. Não se pode amar o que não se conhece.
  • Confesse-se regularmente. Isso lhe ajudará a preparar-se espiritualmente.
  • Reze todos os dias. Sem oração não pode haver vida espiritual!
  • Vista-se de maneira apropriada. Você vai se encontrar com o Rei dos Reis. Não se vista como se fosse a um simples jantar, a uma balada ou a uma aula. É uma ocasião especial.
  • Chegue a tempo e sente-se nos primeiros bancos. Menos distrações e mais tempo para a oração antes da missa. 
  • Uma vez na igreja, não fique conversando nem observando as pessoas. Reze.
2. Tenha uma atitude adequada
  • Não espere algo divertido. Você está na missa para oferecer a Deus adoração e receber a graça. 
  • Busque Deus em cada momento da missa.
  • Não permita que as distrações externas atrapalhem sua paz interior.
  • Encontre na pregação uma informação preciosa para levar para casa.
3. Participe plenamente
  • Cante, ainda que seja meio desafinado.
  • Responda às orações e reze com vontade. Dê o seu melhor a Deus e não se preocupe pelo que os outros vão pensar.
  • Lembre-se de que a missa não é um momento para as relações sociais.
  • Ofereça a Deus sua dor e seu sofrimento, sua alegria e suas orações.
4. Escute a Palavra de Deus e deixe transformar por ela
  • Você está aberto a que Deus o transforme? Se não estiver, não vai se transformar. 
  • Escute a Palavra que se proclama e deixe que ela o desafie.
  • Procure algum aspecto da homilia para aplicar durante a semana.
5. Conheça, compreenda e proclame sua fé
  • Não se limite a recitar o Credo: proclame-o compreendendo o que está dizendo.
6. Dê o dízimo
  • Se todo católico desse do dízimo, imagine tudo o que poderia ser feito. 
  • Sim, é nosso dever sustentar a Igreja, mais por nossa fé que pela Igreja em si. 
  • A maioria das pessoas dá uma "esmola", não o dízimo. Dê o dízimo, não uma esmola.
  • Dar o dízimo ajuda a ordenar corretamente os dons que Deus nos deu.
7. Ao comungar, entenda o que você está fazendo
  • Você está assimilando o Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Deus.
  • Está se unindo ao céu na terra.
  • Está se tornando uma só coisa com o Corpo de Cristo.
  • Tenha reverência.
  •  Compreenda que Ele está em todos os que O receberam.
8. Fale sobre Deus às pessoas
  • Agora você tem o poder de evangelizar (compartilhar a Boa Notícia de Jesus), que é o motivo pelo qual a Igreja existe.
"Se realmente compreendêssemos a missa,
morreríamos de alegria."

São João Maria Vianney
"A alma vale mais que o corpo. 
Aprenda a ser mais sábia."

Dom Giuseppe Tomaselli


 
"Daqui a pouco vamos ter um fenômeno aqui no Brasil chamado carnaval, no qual as mulheres estarão vestidas com tintas pelo corpo e num carro alegórico se requebrando, e você vai olhar para aquela mulher e vai dizer: "Que QI elevado de virtudes? Puxa! É um perfil de uma boa mãe". Claro que não. Por quê? Porque quando você mostra o corpo, você esconde a alma. Quando você se veste de maneira sedutora você está construindo a sua casa na areia, porque o seu corpo um dia vai ficar feio. Faça com que o seu namorado se encante pela sua alma. Vista-se com elegância, não seja vulgar e nem brega. Deus fez as mulheres para que elas se vistam com elegância e sejam bonitas. Não precisa ser beata e cafona nem descabelada. Seja uma mulher bem-vestida e assim que você vai saber namorar. Dê valor ao seu corpo."


Padre Paulo Ricardo

31 de janeiro - São João Dom Bosco


São João Dom Bosco e Nossa Senhora...



Evangelho do dia - 31.01.2016 (Lc 4,21-30)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas

Naquele tempo, estando Jesus na sinagoga, começou a dizer: 21“Hoje se cumpriu esta passagem da Escritura que acabastes de ouvir”. 22Todos davam testemunho a seu respeito, admirados com as palavras cheias de encanto que saíam da sua boca. E diziam: “Não é este o filho de José?” 23Jesus, porém, disse: “Sem dúvida, vós me repetireis o provérbio: Médico, cura-te a ti mesmo. Faze também aqui, em tua terra, tudo o que ouvimos dizer que fizeste em Cafarnaum”. 24E acrescentou: “Em verdade eu vos digo que nenhum profeta é bem recebido em sua pátria. 25De fato, eu vos digo: no tempo do profeta Elias, quando não choveu durante três anos e seis meses e houve grande fome em toda a região, havia muitas viúvas em Israel. 26No entanto, a nenhuma delas foi enviado Elias, senão a uma viúva que vivia em Sarepta, na Sidônia. 27E no tempo do profeta Eliseu, havia muitos leprosos em Israel. Contudo, nenhum deles foi curado, mas sim Naamã, o sírio”. 28Quando ouviram estas palavras de Jesus, todos na sinagoga ficaram furiosos. 29Levantaram-se e o expulsaram da cidade. Levaram-no até ao alto do monte sobre o qual a cidade estava construída, com a intenção de lançá-lo no precipício. 30Jesus, porém, passando pelo meio deles, continuou o seu caminho.
- Palavra da Salvação.

sábado, 30 de janeiro de 2016

Secretariado Rainha da Paz

O Secretariado Rainha da Paz-RJ visitou ontem, dia 29, o Santuário de Jesus Misericordioso, no Rio de Janeiro e foram recebido pelo Pe. Jan Sopicki. Participaram do Terço da Misericórdia e da Santa Missa.
Imagens de Santa Faustina e São João Paulo II
e suas respectivas relíquias
Dr. Ribamar e a Porta Santa do Santuário

Sejamos maduros, mas não percamos o coração de criança


"Em verdade vos declaro: se não vos transformardes 
e vos tornardes como criancinhas, 
não entrareis no Reino dos céus."

Jesus Cristo Mt 18,3


Só por Ti Jesus

Só por Ti, Jesus, quero me consumir, 
Como vela que queima no altar, me consumir de amor. 

Só em Ti, Jesus, quero me derramar, 
Como o rio se entrega ao mar, me derramar de amor. 

Pois Tu és o meu amparo, o meu refúgio, 
és alegria de minh'alma. 

Só em Ti repousa a minha esperança, não vacilarei, 
e mesmo na dor, quero seguir até o fim.


SÓ TEMOS O CURTO INSTANTE DA VIDA 
PARA DÁ-LO AO BOM DEUS...

Santa Teresinha

Confia em mim

Evangelho do dia - 30.01.2016 (Mc 4,35-41)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo +  segundo Marcos

35Naquele dia, ao cair da tarde, Jesus disse a seus discípulos: “Vamos para a outra margem!” 36Eles despediram a multidão e levaram Jesus consigo, assim como estava na barca. Havia ainda outras barcas com ele. 37Começou a soprar uma ventania muito forte e as ondas se lançavam dentro da barca, de modo que a barca já começava a se encher. 38Jesus estava na parte de trás, dormindo sobre um travesseiro. Os discípulos o acordaram e disseram: “Mestre, estamos perecendo e tu não te importas?” 39Ele se levantou e ordenou ao vento e ao mar: “Silêncio! Cala-te!” O vento cessou e houve uma grande calmaria. 40Então Jesus perguntou aos discípulos: “Por que sois tão medrosos? Ainda não tendes fé?” 41Eles sentiram um grande medo e diziam uns aos outros: “Quem é este, a quem até o vento e o mar obedecem?”
- Palavra da Salvação.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Oração e Jejum

“Queridos filhos, hoje novamente eu os convido à oração. Somente com a oração e o jejum a guerra poderá parar. Portanto, meus filhinhos, rezem, e com a sua vida deem o testemunho que vocês pertencem a mim, porque Satanás deseja nestes dias turbulentos seduzir tantas almas quanto for possível. 
Nossa Senhora Rainha da Paz
25.04.1992



A Igreja vive da Eucaristia

«O sacrifício eucarístico é fonte e centro de toda a vida cristã, na Santíssima Eucaristia, está contido todo o tesouro espiritual da Igreja, isto é, o próprio Cristo, a nossa Páscoa e o Pão Vivo que dá aos homens a vida mediante a sua carne vivificada e vivificadora pelo Espírito Santo.»

A paz começa em casa:

1. Tenha fé e viva a Palavra de Deus, amando o próximo como a si mesmo.
2. Ame-se, confie em si mesmo, em sua família e ajude a criar um ambiente de amor e paz ao seu redor.
3. Reserve momentos para brincar e se divertir com sua família, pois a criança aprende brincando e a diversão aproxima as pessoas.
4. Eduque seu filho através da conversa, do carinho e do apoio e tome cuidado: quem bate para ensinar está ensinando a bater.
5. Participe com sua família da vida da comunidade, evitando as más companhias e diversões que incentivam a violência.
6. Procure resolver os problemas com calma e aprenda com as situações difíceis, buscando em tudo o seu lado positivo.
7. Partilhe seus sentimentos com sinceridade, dizendo o que o que você pensa e ouvindo o que os outros têm para dizer.
8. Respeite as pessoas que pensam diferente de você, pois as diferenças são uma verdadeira riqueza para cada um e para o grupo.
9. Dê bons exemplos, pois a melhor palavra é o nosso jeito de ser.
10. Peça desculpas quando ofender alguém e perdoe de coração quando se sentir ofendido, pois o perdão é o maior gesto de amor que podemos demonstrar.


Evangelho do dia - 29.01.2016 (Mc 4,26-34)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos

Naquele tempo, 26Jesus disse à multidão: “O Reino de Deus é como quando alguém espalha a semente na terra. 27Ele vai dormir e acorda, noite e dia, e a semente vai germinando e crescendo, mas ele não sabe como isso acontece. 28A terra, por si mesma, produz o fruto: primeiro aparecem as folhas, depois vem a espiga e, por fim, os grãos que enchem a espiga. 29Quando as espigas estão maduras, o homem mete logo a foice, porque o tempo da colheita chegou”. 30E Jesus continuou: “Com que mais poderemos comparar o Reino de Deus? Que parábola usaremos para representá-lo? 31O Reino de Deus é como um grão de mostarda que, ao ser semeado na terra, é a menor de todas as sementes da terra. 32Quando é semeado, cresce e se torna maior do que todas as hortaliças, e estende ramos tão grandes, que os pássaros do céu podem abrigar-se à sua sombra”. 33Jesus anunciava a Palavra usando muitas parábolas como estas, conforme eles podiam compreender. 34E só lhes falava por meio de parábolas, mas, quando estava sozinho com os discípulos, explicava tudo.
- Palavra da Salvação.


quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Campeã Mundial de Tênis encontra sentido da vida após visitar Medjugorje



Mara Santangelo campeã do mundo no tênis em 2006, conta, no livro “Eu prometo” (Ed. Piemme), a história de sua vida e a experiência espiritual que viveu em Medjugorje.

Mara chegou ao topo do tênis mundial no torneio individual e em duplas. Em 2006, ele tornou-se “Campeã do Mundo” ao ganhar a Copa do Fed com seleção nacional italiana feminina. Parecia que a carreira e a vida de Mara Santangelo eram perfeitas. Sucesso no esporte, popularidade, dinheiro. Mas a tenista italiana não estava feliz...

Mara tinha uma malformação no pé, que carregava desde o nascimento e que, durantes os doze anos como um profissional, lhe causava uma dor excruciante. Mas suportava o sofrimento físico para manter uma promessa feita anos antes para sua mãe, que morreu quando ela era adolescente. 

Segue a ENTREVISTA:

P: Se você chegou ao pico do tênis mundial foi para manter uma promessa. Qual?
“Eu tinha dez anos e nos braços de minha mãe, assistindo a um jogo na TV Martina Navratilova, prometi a ela que um dia eu iria tornar-se como ela e eu jogaria em Wimbledon. Minha mãe faleceu seis anos depois. E esta promessa levou-me a lutar e ir contra todas as probabilidades para alcançá-la.”
P: Por que contra todas as probabilidades?
“Porque eu nasci com uma malformação no pé e, em seguida, eu tive que lidar com muito sofrimento físico para se dedicar ao tênis em um nível profissional. Não houve jogo na minha carreira que não tenha jogado com dor excruciante no pé.”
P: E finalmente cumpriu sua promessa e chegou na Quadra Central de Wimbledon?
“Sim, em 2005. Com uma mistura de sentimentos: por um lado, a alegria de ter mantido sua promessa e por outro, o desespero por não ter completado o jogo contra a Williams pela a dor física excessiva.”
P: Quem era o mais próximo na sua carreira de doze anos?
“Meu treinador foi a figura mais importante para mim, porque era a pessoa que melhor compreendeu a minha dor e minha solidão, indo ao redor do mundo a jogar torneios. Infelizmente minha família nunca poderia estar ao meu lado fisicamente, mas moralmente. Infelizmente no tênis não pode revelar suas fraquezas, você não pode dizer os seus sofrimentos a um colega, porque, em seguida, no dia seguinte, no campo, você pode achar que o adversário e poderia ser explorada contra você.”
P: Você nunca pensou em desistir de tudo?
“Muitas vezes... Mas era como se do céu chegassem sinais claros de que eu não deveria fazer isso. Infelizmente, no melhor momento da minha carreira, quando cheguei à 27ª posição no ranking mundial em simples, eu tinha um outro problema no pé causada por postura. Eu tive que operar e depois, após um período de reflexão, fui a Medjugorje pela primeira vez e minha vida mudou completamente. Logo depois eu deixei o tênis profissionalmente.
P: O que mudou em você nesta viagem?
“Indo para Medjugorje, eu tive a certeza e a confirmação de que o caminho seria outro. Deixei o tênis para realizar essa jornada espiritual. Antes eu não sabia o que existia em Medjugorje. Na minha vida havia pouco do espiritual. Ainda hoje este caminho continua a me dar felicidade, que eu não tinha antes. Quando eu jogava, apesar de ter dinheiro e fama, eu não estava feliz. Eu não sentia a paz dentro de mim. Hoje eu estou bem. Saí da riqueza, do centro das atenções, dos torneios de prestígio, coisas que muitos pensam ser tudo na vida, mas eu me sinto mais feliz”. 
Hoje, Mara tornou-se parte da Federação Italiana de Ténis e é conselheira no CONI (Comitato Olimpico Nazionale Italiano). “Sempre foi meu sonho de continuar a trabalhar nos bastidores para o tênis italianos, tentando fornecer apoio com base na minha experiência. Eu estou contente de ter a confiança do CONI e da Federação.

Santo do dia


Palavras de Sabedoria...


São Tomás de Aquino e o dia em que um boi voou no convento

Uma breve lição sobre o dom da palavra
 e o que fazemos com ela

Conta-se na ordem de São Domingos que, certa vez, estando São Tomás de Aquino em sua cela no convento de São Jacques, estudando e trabalhando sobre obscuros manuscritos medievais, entrou de repente um frade folgazão que foi logo exclamando com escândalo: 
– Vinde ver, irmão Tomás, vinde ver um boi voando! 
O grande doutor da Igreja, muito serenamente, ergueu-se do seu banco, saiu da cela e, dirigindo-se ao átrio do mosteiro, se pôs a olhar o céu, com a mão em pala sobre os olhos fatigados do estudo. 
Ao assim o ver, o frade jovial desatou a rir com estrépito. 
– Ora, irmão Tomás, então sois tão crédulo a ponto de acreditardes que um boi pudesse voar? 
– Por que não, meu amigo? – tornou o santo. 
E, com a mesma singeleza, flor da sabedoria, completou: 
– Eu preferi admitir que um boi voasse a acreditar que um religioso pudesse mentir. 

5 passos para uma boa confissão

Twitter do Papa



Como cristãos, não podemos estar fechados em nós mesmos, mas sempre abertos aos outros, para os outros.

Evangelho do dia - 27.01.2016 (Mc 4,21-25)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo +  segundo Marcos

Naquele tempo, Jesus disse à multidão: 21“Quem é que traz uma lâmpada para colocá-la debaixo de um caixote, ou debaixo da cama? Ao contrário, não a põe num candeeiro? 22Assim, tudo o que está em segredo deverá ser descoberto. 23Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça”. 24Jesus dizia ainda: “Prestai atenção no que ouvis: com a mesma medida com que medirdes, também vós sereis medidos; e vos será dado ainda mais.25Ao que tem alguma coisa, será dado ainda mais; do que não tem, será tirado até mesmo o que ele tem”.
- Palavra da Salvação.



quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Dez armadilhas mortais do demônio contra nós


Satanás é uma serpente. É um mentiroso e pai da mentira. Trabalha em sua vida para te tentar, quer que você caia no pecado e desta forma se afaste de Deus, e também no mundo tenta te enganar, te confundir. Ele quer que perca sua fé e que se afaste de Deus. Diante desta realidade, o Pe. Dwight Longenecker adverte sobre dez armadilhas mortais do demônio no mundo atual:

1) Relativismo

O relativismo defende a ideia de que nada é verdadeiro, que todos os pontos de vista são válidos e que não existe uma verdade absoluta nem universal. O demônio não quer que acredite em uma verdade, pois se não existir a verdade, então o bem nem o mal não existem. Se isto for assim, então, tudo é válido. Uma maneira de tentar com mais facilidade é fazendo com que a pessoas acredite que o pecado não existe.

2) Indiferentismo

O indiferentismo te diz que todas as religiões são iguais e não importa qual escolha. O indiferentismo é comum dentro do protestantismo. Esta ideologia diz: “Não importa em qual igreja você participa, o importante é amar Jesus”. Também assinala que não importa ser hinduísta, muçulmano, judeu, budista ou católico. Dizem que “todos estamos subindo a mesma montanha, mas por diferentes caminhos”. Talvez em certa forma seja assim, mas existem caminhos que são melhores que outros, pois são mais verdadeiros e honestos. Além disso, existem caminhos que nos levam na parte baixa da montanha e não para o alto. Devemos ser claros. Jesus Cristo é a mais plena, a mais completa e a revelação final de Deus aos seres humanos. Portanto, o catolicismo é a mais plena, antiga e a mais completa união com a única revelação de Deus em Cristo.

3) Ecletismo

Este é “primo” do indiferentismo. O ecletismo indica que você pode misturar e juntar diferentes religiões e espiritualidades como quiser, da mesma forma que monta o seu próprio combo de fast food. A pessoa acredita que isto é possível porque já está influenciada pelo indiferentismo. Pense bem. Não pode misturar o islamismo, o cristianismo ou o budismo com o catolicismo. Não é como montar o teu próprio combo. É como se estivesse colocando molho de tomate no sorvete ou estar usando tinta branca no lugar de creme para o café.

4) Sentimentalismo

O sentimentalismo implica tomar decisões ou escolher suas crenças baseando-se nas emoções em vez das verdades eternas. Pode estar zangado ou contente com alguém e, deste modo, atua e decide segundo sua ira ou alegria. Por exemplo: Dois homens querem “se casar” e você diz: “João e Diego são meninos tão legais. Por que não podem se casar como o resto das pessoas?”. Desta forma, está baseando sua decisão em suas emoções acerca de João e Diego, no seu desejo de ser uma pessoa “boa” e em suas ideias sentimentais sobre os casamentos e celebrações. Não tome decisões importantes de acordo com suas emoções. Isso conduz ao caos e à escuridão.

5) Utilitarismo

O utilitarismo é apoiar suas decisões morais ou crenças no que parece ser útil, eficiente e econômico. Por exemplo: “Minha mãe está em uma casa de repouso. Ela tem demência. É caro mantê-la neste lugar. Os médicos nos dão a alternativa de ‘dar uma injeçãozinha’ e assim ‘seus problemas acabarão’”. Não o faça. Devido ao utilitarismo, milhões de bebês são abortados.

6) Incrementalismo

O demônio não quer executar de uma só vez todo seu plano. Ele atua passo a passo. Primeiro faz com que a pessoa fale uma pequena mentira, depois uma verdade pela metade, logo outra mentira e outra meia verdade. A pessoa precisa estar atenta, pois o demônio conseguirá que caia usando o sentimentalismo, argumentos utilitaristas, indiferentismo ou ideias relativistas. Ele sempre está trabalhando, nunca descansa.

7) Materialismo

O materialismo não se refere aos gastos que alguém tenha. Vai mais além. O problema real com o materialismo é que nos conduz a pensar que não existe nada sobrenatural. “Deus, os anjos, os demônios, o céu e o inferno são apenas um mito. Não existe um mundo invisível. Os sacramentos são somente símbolos. A Igreja é uma instituição humana. Os sacerdotes não são mais que uns trabalhadores sociais que usam batina. O matrimônio é somente um papel, a confissão não é mais que uma terapia de autoajuda, o batismo e a crisma são apenas ritos lindos para as crianças”. Esse é o materialismo. Reconhece? Repudia-o com todo seu coração. É uma mentira.

8) Cientificismo

O cientificismo diz que a única verdade que existe é a científica. É uma mentira poderosa de Satanás porque é uma das coisas que a sociedade assumiu. “Sabemos que a ciência desacredita a Bíblia”. E isto está errado. Toda a verdade é a verdade de Deus e a verdadeira ciência sempre é irmã da verdadeira teologia. O cientificismo é uma parte do ateísmo assumido. Nele não existe um Deus. Somente existem as leis da ciência.

9) Dilemas éticos

Isto é apenas outro nome para o relativismo moral. Defende a ideia de que nada é bom ou ruim, o que realmente importa são as intenções e as circunstâncias da eleição moral. Se a pessoa tiver boas intenções e as circunstâncias o justificam, então, o que escolhe fazer está bem. Muitos católicos aceitam a anticoncepção artificial e o aborto devido a estes dilemas éticos. O perigo com os dilemas éticos é que podem levar as pessoas até o ponto de cometer um pecado mortal justificando sua eleição. Cuidado para não cair nesta armadilha. Se você precisa tomar uma decisão moral complicada, fale com um sacerdote ou um bom diretor espiritual.

10) Universalismo

Esta ideologia venenosa provém diretamente do inferno. Assinala que Deus é tão amoroso, tão bom e misericordioso que não condenará ninguém e que todos se salvarão. Isto não só contradiz o que a Bíblia diz, mas também contradiz todos os ensinamentos da Igreja. O universalismo fez com que milhares de pessoas caiam em uma falsa certeza de que não importa o que façam ou escolham pois de qualquer maneira irão ao céu. Satanás ama o universalismo porque disfarça sua mentira com o atributo maior de Deus Pai: a Divina Misericórdia. A melhor forma de repudiar esta mentira é temer ao inferno.

E pra matar a saudades...




"O profeta encontra sua alegria e sua força na palavra do Senhor e, enquanto os homens procuram frequentemente a felicidade por caminhos que são errados, ele anuncia a verdadeira esperança, a que não falha porque tem sua base na fidelidade de Deus. Todo cristão, em virtude do batismo, recebeu a dignidade profética; e cada um deve registado e alimentá-la, ouvindo assiduamente a palavra divina. Que nos obtenha a Virgem Maria, a quem o evangelho chama bem-aventurada porque acreditou no cumprimento das palavras do Senhor".
 

"Rezar, rezar e rezar"


Mensagem do Papa para a Quaresma: obras de misericórdia no Jubileu

“A misericórdia de Deus transforma o coração do homem e faz-lhe experimentar um amor fiel, tornando-o assim, por sua vez, capaz de misericórdia. A Quaresma deste Ano Jubilar é um tempo favorável para todos poderem, finalmente, sair da própria alienação existencial, graças à escuta da Palavra e às obras de misericórdia. Se, por meio das obras corporais, tocamos a carne de Cristo nos irmãos e irmãs necessitados de ser nutridos, vestidos, alojados, visitados, as obras espirituais tocam mais diretamente o nosso ser de pecadores: aconselhar, ensinar, perdoar, admoestar, rezar. Por isso, as obras corporais e as espirituais nunca devem ser separadas. 
Não percamos este tempo de Quaresma favorável à conversão! 
Pedimo-lo pela intercessão materna da Virgem Maria, a primeira que, diante da grandeza da misericórdia divina que Lhe foi concedida gratuitamente, reconheceu a sua pequenez , confessando-Se a humilde serva do Senhor.”

Evangelho do dia - 27.01.2016 (Mc 4,1-20)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos

Naquele tempo, 1Jesus começou a ensinar de novo às margens do mar da Galileia. Uma multidão muito grande se reuniu em volta dele, de modo que Jesus entrou numa barca e se sentou, enquanto a multidão permanecia junto às margens, na praia.
2Jesus ensinava-lhes muitas coisas em parábolas. E, em seu ensinamento, dizia-lhes: 3“Escutai! O semeador saiu a semear. 4Enquanto semeava, uma parte da semente caiu à beira do caminho; vieram os pássaros e a comeram. 5Outra parte caiu em terreno pedregoso, onde não havia muita terra; brotou logo, porque a terra não era profunda, 6mas, quando saiu o sol, ela foi queimada; e, como não tinha raiz, secou. 7Outra parte caiu no meio dos espinhos; os espinhos cresceram, a sufocaram, e ela não deu fruto.
8Outra parte caiu em terra boa e deu fruto, que foi crescendo e aumentando, chegando a render trinta, sessenta e até cem por um”. 9E Jesus dizia: “Quem tem ouvidos para ouvir, ouça”. 10Quando ficou sozinho, os que estavam com ele, junto com os Doze, perguntaram sobre as parábolas. 11Jesus lhes disse: “A vós, foi dado o mistério do Reino de Deus; para os que estão fora, tudo acontece em parábolas, 12para que olhem mas não enxerguem, escutem mas não compreendam, para que não se convertam e não sejam perdoados”.
13E lhes disse: “Vós não compreendeis esta parábola? Então, como compreendereis todas as outras parábolas? 14O semeador semeia a Palavra. 15Os que estão na beira do caminho são aqueles nos quais a Palavra foi semeada; logo que a escutam, chega Satanás e tira a Palavra que neles foi semeada. 16Do mesmo modo, os que receberam a semente em terreno pedregoso, são aqueles que ouvem a Palavra e logo a recebem com alegria, 17mas não têm raiz em si mesmos, são inconstantes; quando chega uma tribulação ou perseguição, por causa da Palavra, logo desistem.
18Outros recebem a semente entre os espinhos: são aqueles que ouvem a Palavra; 19mas quando surgem as preocupações do mundo, a ilusão da riqueza e todos os outros desejos, sufocam a Palavra, e ela não produz fruto. 20Por fim, aqueles que recebem a semente em terreno bom são os que ouvem a Palavra, a recebem e dão fruto; um dá trinta, outro sessenta e outro cem por um”.
- Palavra da Salvação.


terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Papa sucessor de São Pedro

 
Ninguém certamente duvida, pois é um fato notório em todos os séculos, que São Pedro, príncipe e chefe dos Apóstolos, recebeu de Nosso Senhor Jesus Cristo, Salvador e Redentor do gênero humano, as chaves do Reino; o qual (São Pedro) vive, governa e julga através dos seus sucessores.[Cânon] Se, portanto, alguém negar ser de direito divino e por instituição do próprio Cristo que São Pedro tem perpétuos sucessores no primado da Igreja universal; ou que o Romano Pontífice é o sucessor de São Pedro no mesmo primado – seja excomungado.
Concílio Vaticano I

Maria, Mãe da Santa Igreja

“Maria é Mãe da Igreja, isto é, Mãe de todo o povo cristão, tanto dos fiéis como dos pastores”.  
Beato Papa Paulo VI

São José Patrono da Santa Igreja

O Papa Pio IX, em 08 de dezembro de 1870, quando proclamou São José Patrono Universal da Igreja, disse: 
“Entre São José e Deus não vemos e não devemos ver senão Maria, por sua divina Maternidade. São José, depois de Maria, é o maior de todos os Santos.”