"Mensagem da Rainha da Paz"

MENSAGEM DA RAINHA DA PAZ EM MEDJUGORJE DE 02.06.2017 "Queridos filhos, como em outros locais venho até vocês, também aqui estou lhes chamando para a oração. Orem por aqueles que não conhecem o Meu Filho, por aqueles que não conheceram o amor de Deus, contra o pecado, pelos consagrados - para aqueles que meu Filho chamou para ter Amor e espírito de força para com vocês, para com a Igreja. Orem ao Meu Filho, e o amor que você experimentar com a Sua proximidade lhes dará a forças para prepará-los para as obras de amor que farão em Seu nome. Meus filhos, estejam prontos. Esta vez é um ponto de viragem. É por isso que estou lhes chamando de novo para a Fé e a Esperança. Estou lhes mostrando o caminho pelo qual precisam ir, e esse são as palavras do Evangelho. Apóstolos do Meu Amor, o mundo tem tanta necessidade de seus braços levantados para o céu, em direção ao meu Filho, para o Pai Celestial. São necessárias muita humildade e pureza de coração. Tenham confiança no Meu Filho e saibam que vocês sempre podem ser melhores. Meu coração maternal deseja para vocês, apóstolos do meu amor, sejam pequenas luzes do mundo, iluminando aí onde a escuridão quer começar a reinar, mostrando o verdadeiro caminho com sua oração e amor, para salvar as almas. Eu estou com vocês. Obrigado por terem acolhido ao Meu Chamado."
MENSAGEM DA RAINHA DA PAZ EM MEDJUGORJE DE 25.03.2017 “Queridos filhos! Neste tempo de graça convido todos vocês a abrirem seus corações à misericórdia de Deus, para que, através da oração, da penitência e da decisão pela santidade, comecem uma vida nova. Este tempo primaveril os estimula, em seus pensamentos e corações, a uma vida nova, a uma renovação. Por isso, filhinhos, Eu estou com vocês para ajudá-los a dizerem, com determinação, "sim" a Deus e aos mandamentos de Deus. Vocês não estão sozinhos, Eu estou com vocês por meio da graça que o Altíssimo me concede para vocês e para seus descendentes. Obrigada por terem respondido ao meu chamado.”

sexta-feira, 31 de julho de 2015

02 de Agosto - Perdão de Assis

IMPERDÍVEL

Nos dias 1º e 2 de agosto será celebrado em todas as paróquias do mundo e em todas as igrejas franciscanas o Perdão de Assis, ou, a Indulgência da Porciúncula.


O Papa Gregório XV prescreveu que, além da confissão, são necessários a comunhão e oração pelo Sumo Pontífice. O Papa Inocêncio XI declarou que a indulgência da Porciúncula podem ser aplicada também às almas do Purgatório.

Fuga dos extremistas islâmicos: o testemunho de religiosas


 
“Nos primeiros 8 meses da invasão do Estado Islâmico, perdemos doze irmãs. O coração delas não suportou tanto sofrimento”. 
Assim, irmã Justina, das irmãs dominicanas de Santa Catarina de Sena, resume o drama vivido por tantas religiosas obrigadas a escapar dos extremistas islâmicos.

Irmã Justina voltou ao Iraque há cerca de um ano e meio após o convento onde vivia na Itália ter sido fechado. Hoje ela se encontra me Ankawa, subúrbio de maioria cristã em Irbil, capital do Curdistão iraquiano.

A religiosa testemunhou o êxodo épico de cerca de 120 mil cristãos e outras minorias na noite entre 6 e 7 de agosto do ano passado, quando fugiram da Planície de Nínive para procurar abrigo no Curdistão.
“É impossível descrever o que aconteceu naqueles dias. Famílias inteiras perderam tudo. Por medo de serem mortos pelo Estado Islâmico, escaparam sem nem ao menos pegar seus documentos”.
Junto aos refugiados também chegaram à casa das dominicanas em Ankawa muitas outras religiosas das cidades e dos vilarejos tomados pelos terroristas. 
“Chegaram em lágrimas, traumatizadas, cansadas, sujas”.
Entre elas estava irmã Lyca, que contou sobre as intermináveis 10 horas de viagem para Irbil. Em 6 de agosto, enquanto muitos outros moradores de Qaraqosh já haviam fugido, as religiosas permaneceram no vilarejo cristão para apoiar os fiéis aterrorizados.
“Esperávamos que as ameaças durassem apenas alguns dias, mas quando os peshmerga (exército iraquiano) pararam de nos defender, percebemos que não restavam mais esperanças”.

DIA 06 DE AGOSTO - DIA INTERNACIONAL DE ORAÇÃO PELOS CRISTÃOS PERSEGUIDOS NO ORIENTE MÉDIO

Não esqueça de colocar esta intenção em suas orações diárias, em seus terços, na Santa Missa...

especialmente no dia 06 de agosto!

Catecismo da Igreja Católica

FAMÍLIA 
§ 2205 - A família cristã é uma comunhão de pessoas, vestígio e imagem da comunhão do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Sua atividade procriadora e educadora é o reflexo da obra criadora do Pai. A família é chamada a partilhar a oração e o sacrifício de Cristo. A oração cotidiana e a leitura da Palavra de Deus fortificam nela a caridade. A família cristã é evangelizadora e missionária.

Santo do dia - 31 de julho

SANTO INÁCIO DE LOYOLA

Neste dia celebramos a memória deste santo que, em sua bula de canonização, foi reconhecido como tendo “uma alma maior que o mundo”.

Com Deus, Santo Inácio de Loyola conseguiu testemunhar sua paixão convertida, pois sua ambição única tornou-se a aventura do salvar almas e o seu amor a Jesus. Foi para o céu com 65 anos e lá intercede para que nós façamos o mesmo agora “com todo o coração, com toda a alma, com toda a vontade”, amém.
Santo Inácio de Loyola, rogai por nós!

Evangelho do dia 31.07.2015 (Mt 13,54-58)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus

Naquele tempo, 54dirigindo-se para a sua terra, Jesus ensinava na sinagoga, de modo que ficavam admirados. E diziam: “De onde lhe vem essa sabedoria e esses milagres? 55Não é ele o filho do carpinteiro? Sua mãe não se chama Maria, e seus irmãos não são Tiago, José, Simão e Judas? 56E suas irmãs não moram conosco? Então de onde lhe vem tudo isso?” 57E ficaram escandalizados por causa dele. Jesus, porém, disse: “Um profeta só não é estimado em sua própria pátria e em sua família!” 58E Jesus não fez ali muitos milagres, porque eles não tinham fé.
- Palavra da Salvação.


quinta-feira, 30 de julho de 2015

O Reino de Deus

 
JESUS disse a Pilatos: "O meu reino NÃO é daqui" (Jo 18,36). Às vezes, no curso da história, os poderosos deste mundo colocam-no [o Reino de Deus] sob a sua alçada, mas é justamente então que o Reino corre perigo: querem ligar o seu poder com o poder de Jesus, e precisamente assim deformam o seu reino, tornando-se uma ameaça para ele. 
Joseph Ratzinger - A infância de Jesus

O Perdão de Assis

Nos dias 1º e 2 de agosto será celebrado em todas as paróquias do mundo e em todas as igrejas franciscanas o Perdão de Assis, ou, a Indulgência da Porciúncula. A origem desta graça está ligada à história da pequena Porciúncula, dentro da Basílica Santa Maria dos Anjos, em Assis, de São Francisco e de toda a Ordem Franciscana.

A VISÃO

“Na noite do ano do Senhor de 1216, Francisco estava mergulhado em oração e na contemplação na igrejinha da Porciúncula quando, improvisadamente, uma luz muito forte tomou conta do local e Francisco viu sobre o altar o Cristo revestido de luz e à sua direita a sua Mãe Santíssima, circundada por uma multidão de Anjos”.

Este é o início da história, que deu início a este evento celebrado no início de agosto. Prostrado com a visão mística, Francisco pediu a Jesus uma graça: "Senhor, peço que todos aqueles que, arrependidos e confessados, entrando nesta igrejinha, tenham o perdão de todos os seus pecados e a completa remissão das penas devidas às suas culpas".

Jesus respondeu a ele: "Grande é a graça que me pedes, ó Francisco; todavia, a concedo a ti, se minha Mãe me pedir". Francisco então pediu a mediação da Virgem Maria, a qual com sua súplica, seu Divino Filho concedeu a graça. Porém, quis que apresentasse ao seu Vigário, o Sumo Pontífice, para obter a sua confirmação.

Papa Honório III

Dito isto, cessou a visão e Francisco imediatamente foi ao Papa Honório III e ele, depois de várias dificuldades, lhe confirmou a graça, limitando-a, porém, a um dia somente, por todos os anos e fixando para esta o dia 2 de agosto, a começar das Vésperas da Vigília.

Indulgência estendida a todas igrejas franciscanas

Mais tarde, com a Bula do dia 4 de julho de 1622, o Papa Gregório XV estendeu esta grande indulgência a todas as Igrejas da Ordem Franciscana e prescreveu que, além da confissão, era necessária a comunhão e a oração pelo Sumo Pontífice. Em 12 de janeiro de 1678, o Papa Inocêncio XI declarou que a dita indulgência estava aplicada também às almas do Purgatório.

Toties Quoties

Esta indulgência tornou-se célebre pela sua origem extraordinária e pela circunstância singularíssima que esta pode ser lucrada toties quoties, isto é, tantas vezes quanto se visita a igreja que goza de tal favor e nas quais se cumprem as prescrições requeridas, fato confirmado pela Santa Sé.

O Papa Pio X permitiu, para maior comodidade dos fiéis, que o Perdão de Assis poderia ser obtido também nas igrejas ou oratórios que, na aplicação do privilégio com o consenso do Bispo e que o Perdão de Assis pudesse ser transferido do dia 2 de agosto para o domingo seguinte.

O Papa Bento XV, em 16 de abril de 1921, estendeu esta indulgência do Perdão de Assis a todos os dias do ano, in perpetuo, mas somente na Basílica de Santa Maria dos Anjos, em Assis. Ainda hoje, em todas as Igrejas do mundo, a indulgência é aplicada neste dia.

Jubileu do Perdão

Particularmente solenes e participadas, como em todos os anos, serão as celebrações na Basílica Santa Maria dos Anjos, onde os Freis preparam-se para festejar, no próximo ano, um Grande Jubileu do Perdão no oitavo centenário (1216-2016) do pedido do Pobre de Assis na Porciúncula, em “feliz e providencial” concomitância com o Jubileu extraordinário da Misericórdia convocado pelo Papa Francisco, de 8 de dezembro de 2015 a 20 de novembro de 2016.

Marcha Franciscana

Da intensa programação, consta a chegada da XXXV Marcha Franciscana, com o tema este ano “Busco a tua face”, e que verá chegar na Porciúncula cerca de 1,6 mil jovens caminhantes provenientes de toda a Itália e também de países vizinhos, como Albânia, Croácia, Eslovênia e Áustria. Os jovens expressarão com uma festa na Praça diante da Basílica a alegria pelo Perdão recebido na Porciúncula.

Nas mãos de Deus

Evangelho do dia 30.07.2015 (Mt 13,47-53)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus

Naquele tempo, disse Jesus à multidão: 47“O Reino dos Céus é ainda como uma rede lançada ao mar e que apanha peixes de todo tipo. 48Quando está cheia, os pescadores puxam a rede para a praia, sentam-se e recolhem os peixes bons em cestos e jogam fora os que não prestam. 49Assim acontecerá no fim dos tempos: os anjos virão para separar os homens maus dos que são justos, 50e lançarão os maus na fornalha de fogo. E aí, haverá choro e ranger de dentes. 51Compreendestes tudo isso?” Eles responderam: “Sim”. 52Então Jesus acrescentou: “Assim, pois, todo mestre da Lei, que se torna discípulo do Reino dos Céus, é como um pai de família que tira do seu tesouro coisas novas e velhas”. 53Quando Jesus terminou de contar essas parábolas, partiu dali.
- Palavra da Salvação.

quarta-feira, 29 de julho de 2015

PALAVRAS DA VIDENTE MIRJANA

A mensagem mais importante que Nossa Senhora repete frequentemente é a Santa Missa. Mas a Santa Missa não somente aos domingos. Quando nós éramos crianças, no início das aparições, uma vez Nossa Senhora nos disse:



“Se vocês tivessem que escolher entre ter a aparição ou ir à Missa, deveriam escolher sempre a Santa Missa, porque durante a Santa Missa meu Filho está com vocês”.




"... porque a boca fala o de que está cheio o coração"

Trecho de um comentário do físico alemão Albert Einstein, publicado em 1960, pela Westminster Press. Einstein não era cristão, era judeu. O comentário completo é esse: 
"Nesses anos terríveis de ocupação nazista, somente a Igreja se manteve firme ante as insistentes táticas de Hitler para reprimir a verdade. Nunca tive muito interesse pela Igreja, mas, desde então, comecei a sentir um grande afeto e uma grande admiração por ela, já que somente a Igreja teve o valor e a persistência de se manter firme na defesa da liberdade moral e intelectual. Sinto-me obrigado, na minha consciência, a afirmar que o que um dia rechacei, hoje elogio sem reservas: a Igreja Católica".
 

Santo do Dia

SANTA MARTA
Hoje lembramos a vida de Santa Marta, que tem seu testemunho gravado nas Sagradas Escrituras. Padres e teólogos encontram em Marta e sua irmã Maria, a figura da vida ativa (Marta) e contemplativa (Maria). O nome Marta vem do hebraico e significa “senhora”. 
No Evangelho, Santa Marta apresenta-se como modelo ativo de quem acolhe: “… Jesus entrou em uma aldeia e uma mulher chamada Marta o recebeu em sua casa” (Lc 10,38). 
Esta não foi a única vez, já que é comprovada a grande amizade do Senhor para com Marta e seus irmãos, a ponto de Jesus chorar e reviver o irmão Lázaro.


Marta recebeu-O em sua casa.
Maria escolheu a melhor parte.



Evangelho do dia 29.07.2015 (Jo 11,19-27)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João

Naquele tempo, 19muitos judeus tinham vindo à casa de Marta e Maria para as consolar por causa do irmão.20Quando Marta soube que Jesus tinha chegado, foi ao encontro dele. Maria ficou sentada em casa. 21Então Marta disse a Jesus: “Senhor, se tivesses estado aqui, meu irmão não teria morrido. 22Mas mesmo assim, eu sei que o que pedires a Deus, ele te concederá”. 23Respondeu-lhe Jesus: “Teu irmão ressuscitará”.24Disse Marta: “Eu sei que ele ressuscitará na ressurreição, no último dia”. 25Então Jesus disse: “Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, mesmo que morra, viverá. 26E todo aquele que vive e crê em mim, não morrerá jamais. Crês isto?” 27Respondeu ela: “Sim, Senhor, eu creio firmemente que tu és o Messias, o Filho de Deus, que devia vir ao mundo”.
- Palavra da Salvação.


terça-feira, 28 de julho de 2015

Obras marianas em Vitória do Mearim - MA


Padre João abençoando o terreno doado para o Secretariado Rainha da Paz, no qual será construída uma réplica da Igreja São Tiago de Medjugorje. 



Que tal, aceita o desafio?


Os católicos americanos fizeram uma campanha pela redes sociais muito interessante: em um determinado dia, todos os católicos sairiam nas ruas; para o trabalho, escola, mercado, etc, rezando o Terço. Mas para isso, fizeram campanhas entre amigos e compartilhando a ideia no face. Parece que o resultado foi impressionante, muitos se assustaram nas ruas pela grande quantidade de pessoas que amavam a Virgem Maria. 

29 DE JULHO - QUARTA-FEIRA


Intenções de oração do Papa para agosto

O pontífice confiou ao Apostolado da Oração os seguintes propósitos:

Intenção Universal: “Para que aqueles que colaboram no campo do voluntariado se entreguem com generosidade ao serviço dos mais necessitados.”

Intenção para a Evangelização: “Para que, saindo de nós mesmos, saibamos fazer-nos próximos daqueles que se encontram nas periferias das relações humanas e sociais.”

Evangelho do dia 28.07.2015 (Mt 13,36-43)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus

Naquele tempo, 36Jesus deixou as multidões e foi para casa. Seus discípulos aproximaram-se dele e disseram: “Explica-nos a parábola do joio!” 37Jesus respondeu: “Aquele que semeia a boa semente é o Filho do Homem.38O campo é o mundo. A boa semente são os que pertencem ao Reino. O joio são os que pertencem ao Maligno. 39O inimigo que semeou o joio é o diabo. A colheita é o fim dos tempos. Os ceifadores são os anjos.40Como o joio é recolhido e queimado ao fogo, assim também acontecerá no fim dos tempos: 41O Filho do Homem enviará os seus anjos e eles retirarão do seu Reino todos os que fazem outros pecar e os que praticam o mal; 42e depois os lançarão na fornalha de fogo. Ali haverá choro e ranger de dentes. 43Então os justos brilharão como o sol no Reino de seu Pai. Quem tem ouvidos, ouça”.
- Palavra da Salvação.

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Sobre Vitória do Mearim - MA...

ATENDIMENTO MÉDICO EM VITÓRIA DO MEARIM
Pelo Secretariado Rainha da Paz do RJ

Como a atual política de saúde pública do Brasil é de médicos de Saúde da Família, generalistas, (porém com médicos que não tiveram essa formação) e com isso algumas deficiências de atendimento se tornam evidentes...vimos durante nossa atuação na ação social em Vitória do Mearim crianças temerosas e surpresas com uma consulta diferenciada, com escuta, paciência, carinho e cuidado que o médico que trata de crianças por escolha faz ... Colocar o estetoscópio para ela brincar, pedir ajuda para que ela mesma coloque o estetoscópio onde você deseja, etc, etc.

A maioria das patologias são simples, mas quando surge um problema mais grave, não deixamos para que o serviço de saúde da cidade resolva, nós mesmos providenciamos todos os encaminhamentos e onde realizar os exames necessários para esclarecimento do diagnóstico.


Um caso de suspeita de puberdade precoce e outro de crises convulsivas e hiperatividade, por exemplo, foram identificados e encaminhados para colegas conhecidos em São Luís ou acompanhados à distância aqui do Rio de Janeiro. 

Solicitamos os exames indispensáveis para esclarecimento diagnóstico (que são feitos em São Luís na maioria das vezes, pagos pelo Secretariado ou pela Comunidade), e são informados os resultados pela enfermeira (que ficou coordenando todos estes casos) através de whats app. É este o nosso sistema de trabalho nestes atendimentos à distância. Estes clientes tem prioridade para serem revistos assim que retornamos a cidade. Nossa próxima visita será em dezembro/2015, quando também vamos realizar o Natal das crianças carentes.

Amanhã: Doação de terreno para Igreja, área educacional e área de lazer para crianças e idosos. 

Sobre Medjugorje...

Perguntaram ao Pe. Jozo: Como foi a resposta da aldeia de Medjugorje durante estes anos?  
Pe. Jozo: O que fez Medjugorje nestes anos? Medjugorje rezou e fez jejum. Medjugorje começou a ajoelhar-se diante do Santíssimo e da Cruz. Medjugorje é o lugar onde se encontra a Mãe Celeste, onde se escuta a Mãe, onde o homem volta para Deus.

Resultado de imagem para medjugorjeResultado de imagem para medjugorjeResultado de imagem para medjugorjeResultado de imagem para medjugorjeResultado de imagem para medjugorjeResultado de imagem para medjugorje

"Em Teu Altar"

Filha do Rei

 
É preciso dizer com o Espírito Santo: Toda a glória da Filha do Rei está no interior (Sl 44,14), como se toda a glória exterior, que lhe dão, a porfia, o céu e a terra, nada fosse em comparação daquela que ela recebe no interior, da parte do Criador, e que desconhecem as fracas criaturas, incapazes de penetrar o SEGREDO DOS SEGREDOS DO REI.
São Luís Maria Grignion de Montfort

Evangelho do dia 27.07.2015 (Mt 13,31-35)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus

Naquele tempo, 31Jesus contou-lhes outra parábola: “O Reino dos Céus é como uma semente de mostarda que um homem pega e semeia no seu campo. 32Embora ela seja a menor de todas as sementes, quando cresce, fica maior do que as outras plantas. E torna-se uma árvore, de modo que os pássaros vêm e fazem ninhos em seus ramos”. 33Jesus contou-lhes ainda outra parábola: “O Reino dos Céus é como o fermento que uma mulher pega e mistura com três porções de farinha, até que tudo fique fermentado”. 34Tudo isso Jesus falava em parábolas às multidões. Nada lhes falava sem usar parábolas, 35para se cumprir o que foi dito pelo profeta: ‘Abrirei a boca para falar em parábolas; vou proclamar coisas escondidas desde a criação do mundo’.
- Palavra da Salvação.

sábado, 25 de julho de 2015


MENSAGEM DA RAINHA DA PAZ EM MEDJUGORJE, EM 25.07.2015

"Queridos filhos, também hoje, com alegria estou com vocês e lhes convido a todos filhinhos, rezem, rezem, rezem para que possam sentir a minha alegria em Deus. Sem Deus, filhinhos, vocês não tem futuro, nem  esperança, nem salvação, por isso deixem o mal e escolham o bem. Eu estou com vocês e com vocês  intercedo junto a Deus por todas as suas necessidades. Obrigada por terem respondido
a minha chamada."

MAIS UMA MISSÃO EM VITÓRIA DO MEARIM – MA
Ação social no período de 12 a 15 de julho de 2015



Cruz da Igreja Matriz da Paróquia
de Nossa Senhora do Nazaré
de Vitória do Mearim- MA.
O Secretariado Rainha da Paz deseja pedir desculpas em virtude de ficarmos sem atualização do blog desde o dia 5 até esta data. Os motivos: Nossa colaboradora Dra. Andréa Panattoni viajou de férias com sua família, o que é justo, e nós seguimos em missão para Vitória do Mearim em mais uma Ação Social, em comum acordo com a Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré de Vitória do Mearim.
Começamos este trabalho em dezembro de 2014 quando além das consultas médicas pediátricas, distribuímos 530 brinquedos, doados por várias pessoas de todo o Brasil. Na ocasião o Pe. Franco, Pároco de Vitória, pediu que fôssemos não só no final, mas também no meio do ano, tendo em vista o bem inigualável à saúde das crianças.     


Início dos trabalhos: O Pe. João Batista, Vigário de Vitória do Mearim, celebra a Santa Missa de envio dia 12.7.15. Nosso trabalho (Dr. Bento e eu) foi iniciado no dia seguinte.
Nosso planejamento para esta visita previa atendermos três comunidades. Na avaliação do Padre Franco as mais necessitadas de qualquer assistência. São bairros novos que cresceram rapidamente e a Prefeitura não os acompanhou levando o essencial e indispensável em saúde pública e educação. Em cada comunidade os dois médicos atenderam 60 crianças/dia.

O trabalho de apoio é realizado por cada comunidade. Organizam o consultório; preenchem as fichas previamente – selecionando as crianças pela gravidade dos problemas de saúde. Todo o material médico necessário para um atendimento (estetoscópio, otoscópio, etc) é levado por cada médico. Inclusive pagamos as nossas passagens de avião e o hotel em que ficamos. Desta vez o Padre fez questão em nos hospedar na casa paroquial. Os medicamentos são fornecidos pela Prefeitura (pedimos previamente) e tivemos o apoio de um(a) enfermeiro(a) e um agente de saúde/dia. Aqui agradecemos este apoio indispensável.
Não discriminamos qualquer pessoa no que se refere a sua fé; apesar de ser um trabalho caritativo organizado por católicos, foi atendido todas as pessoas independente de sua crença, que nos procuraram.

O trabalho dos médicos tem finalidade evangelizadora também; enquanto os médicos atendem, as crianças e os pais que ficam aguardando a sua vez, são assistidos pela Irmã Evangelina que lhes transmite a Palavra de Deus.
Começamos pela comunidade de Nossa Senhora Aparecida. Em seguida atendemos a Comunidade São José e finalmente a Comunidade São João Batista. Só em torno da sede do município, existem oito comunidades e mais 42 em todo o município. Para atender todo esse povo de Deus, são dois Padres. Pe. Franco Minelli e Pa. João Batista. Muito pouco. Rezemos muito pelas vocações sacerdotais e religiosas. Para agravar a situação o Pe. Franco teve um problema sério de saúde, e, como italiano, a família o levou para fazer o tratamento na Itália. Pedimos orações pela sua saúde.
Amanhã continuaremos a informar com detalhes, como estamos fazendo, este trabalho social do Secretariado Rainha da Paz do Rio de Janeiro em Vitória do Mearim – Maranhão.
******         ******         ******





domingo, 5 de julho de 2015

EVANGELHO (Mc 6,1-6) com comentários do Frei Heliodoro

NAQUELE TEMPO, Jesus foi a Nazaré, sua terra, e seus discípulos o  acompanharam. Quando chegou o sábado, começou a ensinar na  sinagoga. Muitos que o escutavam ficavam admirados e diziam: “De onde recebeu ele tudo isto? Como conseguiu tanta sabedoria? E esses grandes milagres que são realizados por suas mãos? Este homem não é o carpinteiro, filho de Maria e irmão de Tiago, de Joset, de Judas e de Simão? Suas irmãs não moram aqui conosco?” E ficaram escandalizados por causa dele. Jesus lhes dizia: ‘Um profeta só não é estimado em sua pátria, entre seus parentes e familiares.’ E ali não pôde fazer milagre algum. Apenas curou alguns doentes, impondo-lhe as mãos. E admirou-se com a falta de fé deles. Jesus percorria os povoados das redondezas, ensinando.
Comentário do Frei Heliodoro
Diz o Evangelho que Jesus ficou decepcionado com os habitantes de Nazaré, aldeia onde Ele morava, por não o terem acolhido como salvador e o desprezarem por ser de origem humilde. Diziam: “Não é este o filho do carpinteiro?” Jesus, vendo que não havia fé nem ambiente para pregar a Boa Nova, então disse esta frase história: “Nenhum profeta é bem recebido em sua pátria”. Jesus foi embora e nunca mais voltou lá. Foi pregar em outros lugares a mensagem da salvação.
Os grandes profetas de todos os tempos, por serem  fiéis à missão de pregar a palavra, os princípios e os valores do Reino de Deus, por não entrarem no jogo do suborno e da adulação, por proclamarem a conversão, por zelarem pela verdade pura e sem concessões, a maioria correu a mesma sorte que Jesus: mal vistos, humilhados, perseguidos, desprezados, criticados e até mortos. Já os que desvirtuam a doutrina, os que adulam, os que buscam a popularidade e os que subordinam tudo a ganância, têm muitos seguidores.
Jesus se manifesta por meio de uma realidade que se chama Igreja. Muitos creem em Deus, mas não na sua Igreja, porque eles somente reparam o lado humano da mesma, nas suas fraquezas e misérias humanas e nos seus erros reais ou imaginários. Pelos erros dos membros da Igreja, muitos que se dizem cristãos, justificam sua falta de credibilidade nela. Embora muitos membros da Igreja não estejam à altura do Evangelho, não impede que a Igreja sinta-se chamada a ser porta voz de Cristo neste nosso mundo adormecido por tantos analgésicos que paralisam a fé.
Jesus e a sua Igreja sempre foram ponto de contradição. Jesus disse: “Se a mim perseguiram, também a vocês perseguirão”. A Igreja de Deus, apesar das suas fraquezas, continua desenvolvendo sua missão profética em favor dos mais necessitados, acolhendo enfermos, construindo e atendendo hospitais e orfanatos em todos os cantos do mundo. O que ela recebe em troca? Nunca, como hoje, a Igreja foi tão criticada pela mídia bem orquestrada, contra ela. Pior seria que, diante da rejeição e as críticas, a Igreja deixasse de ser Igreja, se acomodasse ou renunciasse à missão encomendada por Cristo, na maneira de defender a vida, a justiça, a fraternidade, o matrimônio, a família e os direitos humanos.

Nós todos, como membros e profetas da Igreja de Cristo e, apesar das críticas e ataques, sejamos perseverantes na nossa missão cristã, sendo profetas e testemunhas de amor limpo, da justiça e da solidariedade cristãs. Deixemos que Jesus venha e faça a sua morada na Igreja, na nossa sociedade e em cada um de nós para que, fazendo a nossa parte, Ele faça tudo quanto superar nossa fraqueza.

Situação de Medjugorje - Síntese da Ir. Emmanuel






 28 de Junho de 2015
Queridos irmãos e irmãs, paz !
Como podem adivinhar, nós recebemos muitas perguntas sobre a posição da Igreja quanto às aparições da Virgem em Medjugorje.
Uma vez mais, somos confrontados com uma doença moderna que consiste em ler, comentar e apaixonar-se por afirmações mediáticas cuja finalidade nem sempre é veicular a verdade. Cada um puxa a seu bel-prazer e com grande alarido. É claro que cada um pode expressar uma opinião pessoal sobre o assunto e aí meter retalhos de verdade. Mas, quem quiser informar-se sobre a verdade, possui um meio seguro que cura da confusão ambiente, da perturbação, da dúvida, da amargura, da revolta, até de uma satisfação triunfante que não vem necessariamente do Espírito Santo.
Esse meio é simples : ir à fonte da informação ! Ora a única fonte de informação da Santa Sé é o porta-voz designado para isso: o Padre Lombardi. Quem quiser procurar uma sua declaração recente sobre a posição da Santa Sé em relação a Medjugorje não a encontra! Quem quiser consultar o site do Vaticano sobre este tema só encontrará o vazio.
Que quer isto dizer? O vírus mediático atacou uma vez mais, com as suas contradições, semeando a perturbação em muitos corações. A verdade é que nem a Congregação para a Doutrina da Fé (CDF), nem o Papa emitiram uma afirmação oficial sobre Medjugorje. Ainda não se reuniram para tratar do assunto. De resto, não está prevista nenhuma reunião durante o verão. É também provável que o tema da Família – o grande tema do ano – tenha prioridade sobre o dossier Medjugorje. Portanto, paciência!
Que se tranquilizem todos os que viveram grandes graças em Medjugorje e que, de todo o coração, se puseram na escola da Rainha da Paz, porque hoje podemos dizer que:
Medjugorje não é interdita pela Igreja.
O Papa ainda não se pronunciou sobre Medjugorje.
Todos podem lá ir em peregrinação privada sem desobedecer à Igreja.
As mensagens não são proscritas, todos podem difundi-las e sobretudo vivê-las.
Os videntes não foram declarados falsos.
O Santo Padre carrega uma grande responsabilidade, porque a palavra final dependerá dele. Sabemos que o Cardeal Müller, prefeito da CDF, expressou por vezes uma posição negativa sobre Medjugorje. Por isso, neste tempo de graça e de combate, temos de rezar muito, pedindo o Espírito Santo para o Santo Padre, e também jejuar por ele. Que se cumpra a vontade de Deus!
Qualquer que seja a posição que Roma venha a exprimir pelas vias oficiais, nós submeter-nos-emos. A obediência será o melhor sinal de que caminhamos com a Rainha da Paz. Ela conta connosco para apressar a plena realização dos seus planos. Porque, não esqueçamos:
«Por fim, o meu Imaculado Coração triunfará!»

Ir Emmanuel +

sábado, 4 de julho de 2015



  A VERDADE DE MEDJUGORJE!

29 de junho de 2015
Santos Pedro e Paulo
Queridos!
 Tem havido muita conversa sobre Medjugorje ao longo dos últimos dias, tendo a ver com a especulação sobre a comissão do Vaticano, etc. Tem sido um pouco inquietante para alguns. Eu transcrevi a homilia pronunciada dia  27 junho, 2015, na Missa em Inglês em Medjugorje, porque acredito que responde às especulações inquietantes. Deu-me muita paz, e eu espero que lhes dê paz também. 
Homilia da Missa em Inglês, Medjugorje, 28 de junho de 2015
Padre Rory O 'Donnell, da Irlanda
 Meus queridos amigos, vocês acreditam que fazem  28 anos que coloquei pela primeira vez os pés nesta paróquia de Medjugorje?   Eu era um menino de 17 anos, e um dos meus padres / professores desafiou-me a vir aqui para Medjugorje. A situação política na Irlanda era muito tensa na época, especialmente no Norte e os pontos de vista que eu  e  minha família tínhamos eram contrários ao que a Igreja estava dizendo na época.
 Eventualmente, um dia, exasperado esse padre me disse: "Você já ouviu falar de Medjugorje? Se você for lá você muda seus pontos de vista." E sabe de uma coisa, o que ele disse foi uma  verdade que eu jamais imaginaria em hipótese alguma.
Cada vez que eu venho a Medjugorje ... Eu estive aqui inúmeras vezes. Mas cada vez que eu venho aqui e desço do ônibus eu tenho que me segurar para não me jogar no chão e beijar esse solo sagrado, arenoso de Medjugorje. Porque foi aqui há 28 anos que eu nasci, com a idade de 17 anos.
O desejo de Deus para nós é que existamos por toda a eternidade. Mas o inimigo de nossas almas é ciumento. Ele quer nos levar à morte. O maligno tinha um plano para mim, e ele tinha me cativado para um certo caminho. Maria, porém, interveio e ela me arrebatou dele. E através de sua direção, cheguei mais perto de Jesus do que eu jamais pensei que seria  possível.
 No meu terceiro dia aqui em Medjugorje, a alegria e a paz já estavam chegando à  minha alma. E naquele tempo, as pessoas costumavam se reunir lá em cima, onde o escritório da paróquia é agora, e nós nos ajoelhávamos lá fora  para saudar a presença de Nossa Senhora. E naquele terceiro dia, depois que eu  me levantei, uma mulher se aproximou de mim e  chorando. Ela disse: "Durante os últimos minutos, quando estávamos de joelhos, eu olhei em sua direção. E, de repente, você estava envolvido por um círculo de luz, e todo o resto se tornou escuro. E  eu ouvi uma voz, e era a voz de uma mulher, e a voz disse simplesmente: 'Ele vai ser um sacerdote.' "
Fiquei chocado. Eu estava atordoado. Afastei-me, mas por alguma razão estranha, era como se alguém tivesse colocado a peça final do quebra-cabeças da minha vida. E eu comecei a ter um grande sentimento de alegria. Lembro-me de ir à confissão, e muitos de vocês aqui conhecem o Padre Svet; ele  estava ouvindo confissões e eu disse-lhe os meus pecados, e então ele me disse: "O que você vai fazer com sua vida?" E eu disse-lhe que acabara de acontecer, e ele disse: "Bem, você sabe, a Igreja na Irlanda precisa de você."
Voltei, e  a minha família pensou que era outro  filho que havia retornado porque eu fiquei muito  diferente da pessoa que tinha ido. E, anos depois, minha mãe me disse que meus quatro irmãos e duas irmãs tinham dito a ela: "O que aconteceu com Rory em Medjugorje? Porque ele está tão diferente do cara que foi para  lá? “. Na verdade, algumas semanas depois eu estava indo para a missa de domingo, com meu irmão mais velho, Seany, e ele se virou para mim e disse: "Rory, por favor, por favor, pare com isso!" E como nós estávamos caminhando para o pátio da igreja, eu disse: "Pare o quê?" E ele disse: "Você sabe o que está fazendo. Por favor, pare com isso. É embaraçoso." E eu disse: "Seany, eu não sei do que você está falando." E ele disse: "Rory, pare de sorrir para todos." Era verdade, a alegria invadiu profundamente  meu coração quando eu  voltei. 
E eu comecei a me perguntar sobre o chamado de Medjugorje. Era realmente verdade ou , era imaginação desta mulher ? Talvez fosse outra coisa. Economizei cada centavo que eu tinha para voltar para Medjugorje no outubro seguinte. Na volta eu  estava  nos campos, um dia, e havia algumas mulheres irlandesas ajoelhadas no chão, olhando para o sol. Eu estava com dois amigos meus, e eles disseram para mim, você pode ver o sol girar? E eu que nunca tinha visto  disse-lhes: "Se você olhar para o sol por tempo suficiente, você sabe que vai girar." E uma das mulheres ficou muito zangada comigo. E ela me disse: "Eu não consigo entender por que  pessoas sem fé vem para Medjugorje." 
No dia seguinte, duas das mulheres que estavam com ela me disseram que  ela  queria falar comigo.   Pensei que desejasse pedir desculpas pois foi um pouco destemperada no dia anterior. Finalmente, ela me viu, e me disse: "Eu tenho que te contar uma coisa que aconteceu ontem. Eu estava tão brava com você. E eu comecei a dizer em minha mente, por que as pessoas que não acreditam vem até  Medjugorje?. " "Eu aí ouvi uma voz, e  era a voz de uma mulher. E a voz disse simplesmente: 'Ora, ele vai ser um padre." "Duas vezes em um ano isso foi  confirmado para mim aqui em Medjugorje . 
Meu caminho para o sacerdócio foi longo e foi difícil. Eu estudei durante dez anos. Eu estive em três seminários, e em duas dioceses diferentes. Fui expulso de um seminário duas vezes! Alguém pode bater esse recorde? Mas aqui estou eu agora, 28 anos mais tarde. E a verdade do que Maria disse, a verdade do que eu recebi aqui em Medjugorje, tornou-se uma realidade. Porque no dia 20 de junho de 1998, fui ordenado para o sacerdócio, na festa do  Imaculado Coração de Maria! Foi nesse dia que fui ordenado. 
Ao longo das últimas semanas, meses e anos, na verdade, tem havido muita conversa sobre o que é a verdade de Medjugorje. Há muitas opiniões e muitos  dizem que é uma farsa e é absurdo, não é verdade. A história que eu acabei de contar é que  é a verdade de Medjugorje. Porque é verdade que um jovem rapaz veio aqui há 28 anos, e aqui ele foi chamado para o sacerdócio. Aqui, ele deixou sua antiga vida para trás. Aqui ele tornou-se algo novo. Essa é a verdade de Medjugorje. 
Eu sei que muitos de meus irmãos sacerdotes que estão aqui hoje, muitos deles ficam  por muitas horas ao longo dos anos, ouvindo confissões aqui na paróquia. E nós já ouvimos histórias de vidas que foram alteradas, de curas, de recuperações, de todos os tipos de milagres extraordinários. Nós mesmos sabemos a verdade de Medjugorje. E nós mesmos temos experimentado  a verdade através das histórias que temos ouvido. Estou certo de que muitos de vocês tem visitado as comunidades terapêuticas aqui. Vocês ouviram as histórias de vidas destruídas que foram recuperadas, de jovens que estavam em um caminho de morte, sendo chamados para um caminho para a plenitude da vida. Essa é a verdade de Medjugorje.
E não há nenhuma comissão e não há nenhuma pergunta e não há nenhum clérigo que jamais pode contradizer ou negar essa verdade de Medjugorje. Então, meus queridos amigos, o seu papel agora é voltar para casa e ser a verdade de Medjugorje. Seu papel é o de voltar para sua família, seus países, suas casas, seus entes queridos, e pelos modos em que suas vidas mudarem, vocês se tornaram a verdade de Medjugorje. Ninguém pode jamais contradizer que o meu irmão, minha irmã, meu pai, minha mãe, meu filho, minha filha foi para Medjugorje e voltou e, de repente, a missa de domingo é a coisa mais importante em sua vida. Eles não passam um dia sem orar. Eles não permitirão que passe um mês sem tentar chegar a confissão. Então, seu papel, seu trabalho, sua tarefa agora, dados a você por Nossa Senhora, é para voltar e ser a verdade de Medjugorje.
E   olhando  os jovens aqui,  vocês  tem um apelo muito particular. Nossa Senhora te chamou aqui. Não há nada mais maravilhoso do que quando eu ouço os pais dizerem para mim: "Você sabe que não são frequentadores de missa, mas o meu filho, minha filha, eles foram para Medjugorje e na volta não perdem a missa por nada deste mundo . Eles vão todos os domingos, não importa o quão tarde eles  cheguem no sábado à noite, eles vão à missa no domingo. Meu filho, minha filha, eles foram para a Medjugorje, e eles voltaram com o rosário em seu bolso e eles rezam todas as noites”.
Então, meus queridos, vocês precisam ser a verdade de Medjugorje, uma verdade que nunca pode ser negada, nunca pode ser contraditada. Porque, se Deus quiser, não importa o que acontece aqui, um dia eu vou ouvir um pai ou uma mãe dizer: "Você sabe, meu filho é uma palavra viva de Deus, porque meu filho foi como uma pessoa para Medjugorje e quando voltou, veio para mais perto de Jesus.
Em Jesus, Maria e José!
Cathy Nolan

"Medjugorje é o centro espiritual do mundo."
   
São João Paulo II