"Mensagem da Rainha da Paz"

MENSAGEM DA RAINHA DA PAZ EM MEDJUGORJE DE 02.10.2017 "Queridos filhos, falo a vocês como MÃE, com palavras simples mas cheias de amor e de preocupação, que ME foram confiados por MEU FILHO. É ELE que, do ETERNO PRESENTE, fala a vocês com palavras de vida e semeia o amor nos corações abertos, Por esta razão os peço, apóstolos do MEU AMOR, tenham os corações abertos, sempre prontos à misericórdia e ao perdão. Pelo MEU FILHO, perdoem sempre ao próximo porque assim vocês terão a paz. Filhos MEUS, preocupem-se com a alma de vocês porque é a única coisa que pertence a vocês realmente. Vocês se esqueceram da importância da família. A família não deveria ser lugar de sofrimento e de dor mas local de compreensão e de ternura. As famílias que vivem segundo o MEU FILHO, vivem em amor recíproco. Quando o MEU FILHO era ainda pequeno, ELE ME dizia que todos os homens são SEUS irmãos; por isso lembrem-se, apóstolos do MEU AMOR, que todos os homens que vocês encontrarem são família, irmãos pelo MEU FILHO. Filhos MEUS, não esqueçam nunca de rezar pelos seus sacerdotes. Rezem para que possam aceitar todos os homens como seus próprios filhos e segundo o MEU FILHO, sejam pais espirituais. Obrigada. "
MENSAGEM DA RAINHA DA PAZ EM MEDJUGORJE DE 25.03.2017 “Queridos filhos! Neste tempo de graça convido todos vocês a abrirem seus corações à misericórdia de Deus, para que, através da oração, da penitência e da decisão pela santidade, comecem uma vida nova. Este tempo primaveril os estimula, em seus pensamentos e corações, a uma vida nova, a uma renovação. Por isso, filhinhos, Eu estou com vocês para ajudá-los a dizerem, com determinação, "sim" a Deus e aos mandamentos de Deus. Vocês não estão sozinhos, Eu estou com vocês por meio da graça que o Altíssimo me concede para vocês e para seus descendentes. Obrigada por terem respondido ao meu chamado.”

quarta-feira, 30 de abril de 2014

A Missa dominical e o Matrimônio

 
Padre Vincenzo Cuomo, napolitano, exorcista, morreu em 18 de julho de 2009. Foi o filho espiritual de um grande sacerdote napolitano, que morreu em odor de santidade, Padre Dolindo Ruotolo.  
Um dia, ele apresentou um casal à Padre Cuomo. A mulher era uma católica devota, assídua aos Sacramentos e à Missa dominical, o marido não... Este último pediu ao padre uma bênção especial. Como Padre Cuomo insistia muito no fato de que a bênção recebida sem a graça de Deus é como um selo colocado na carta sem a cola (ou seja, não pega) perguntou ao homem: "Mas você vai à missa todos os domingos e dias de festa?". Ele disse: "Padre, quase sempre...".
Disse Padre Cuomo: "Bem, eu sei que sua esposa é uma santa mulher, mas se eu lhe perguntasse: 'Senhora, você é fiel ao seu marido?' e ela respondesse: 'Padre, quase sempre', o senhor seria contente?".
dvicentecuomo
Padre Vicente Cuomo
ORAÇÃO AO SENHOR
POR INTERCESSÃO DE SÃO PIO DE PIETRELCINA

Ó Deus,
que doastes a São Pio de Pietrelcina,
sacerdote capuchinho,
o insigne privilégio
de participar, de modo admirável, 
à Paixão do vosso Filho,
por sua intercessão, 
dai-me a graça...
que tanto desejo;
e sobretudo, concedei-me unir
à Paixão de Jesus,
para depois chegar
à sua gloriosa Ressurreição.

Glória ao Pai... (três vezes)
 
COROINHA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

I - Ó meu Jesus que dissestes "na verdade, vos digo, pedi e recebereis, procurai e achareis, batei e abrir-se-vos-á!" eu bato, procuro e peço a graça...
Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.
Sagrado Coração de Jesus, eu confio e espero em vós.

II - Ó meu Jesus, que dissestes "na verdade, vos digo, tudo quanto pedirdes a meu Pai em meu nome, Ele vô-lo concederá!", é ao vosso Pai e em vosso nome que pelo a graça...
Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.
Sagrado Coração de Jesus, eu confio e espero em vós.

III - Ó meu Jesus, que dissestes "na verdade, vos digo, passará o céu e a terra, mas minhas palavras não passarão!" confiado na infalibilidade de vossas palavras eu peço a graça...
Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.
Sagrado Coração de Jesus, eu confio e espero em vós.
Ó Sagrado Coração de Jesus, a quem é impossível não ter compaixão dos infelizes, tende piedade de nós, pobres pecadores, e concedei-nos as graças que vos pedimos por meio do Imaculado Coração de Maria, vossa e nossa terna Mãe.
São José, Pai putativo do Sagrado Coração de Jesus, rogai por nós.
Salve Rainha.

EVANGELHO DO DIA - 30.04.2014 (Jo 3,16-21)

+ PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO, SEGUNDO JOÃO

16Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que não morra todo o que nele crer, mas tenha a vida eterna. 17De fato, Deus não enviou o seu Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por ele. 18Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado, porque não acreditou no nome do Filho unigênito. 19Ora, o julgamento é este: a luz veio ao mundo, mas os homens preferiram as trevas à luz, porque suas ações eram más. 20Quem pratica o mal odeia a luz e não se aproxima da luz, para que suas ações não sejam denunciadas. 21Mas quem age conforme a verdade aproxima-se da luz, para que se manifeste que suas ações são realizadas em Deus.

Palavra da Salvação.

Papa fala de comportamentos 

que comunidade cristã deve ter

1_0_794912
Papa Francisco celebrou Missa, na manhã desta terça-feira, 29, na Casa Santa Marta, colocando, no centro de sua homilia, a comunidade cristã. Para o Santo Padre, cada comunidade deveria verificar a própria capacidade de viver em harmonia, testemunhar a Ressurreição de Cristo e ajudar os pobres.
Francisco recordou o exemplo das primeiras comunidades cristãs, conforme retratadas na Primeira Leitura do dia. Ele se concentrou em três comportamentos desse grupo: ser capaz de plena concórdia, dar testemunho de Cristo aos de fora e impedir que seus membros sofram com a miséria.
Essas comunidades tinham um só coração e uma só alma, destacou Francisco. Havia nelas a paz, o que significa que não havia lugar para fofocas, invejas, calúnias e difamações.
“Paz e perdão. O amor cobria tudo. Para qualificar uma comunidade cristã com base nisso, devemos nos perguntar como é o comportamento dos cristãos. São mansos e humildes? Naquela comunidade, há brigas entre eles pelo poder? Brigas com inveja? Há fofocas?”
O Santo Padre reconhece que, nessas primeiras comunidades, também existiam problemas, como as disputas internas, as lutas doutrinárias e pelo poder. Mas aquele momento do início fixava para sempre a essência da comunidade nascida do Espírito, uma comunidade de testemunhas da fé. O Papa nos convidou a comparar toda comunidade de hoje com essas primeiras comunidades.
“É uma comunidade que dá testemunho da Ressurreição de Jesus Cristo? Essa paróquia, essa comunidade, essa diocese crê, realmente, que Jesus Cristo ressuscitou? Dar testemunho de que Jesus está vivo, está entre nós. E assim se pode verificar como vai uma comunidade”.
O terceiro traço sobre o qual mensurar a vida de uma comunidade é, segundo o Papa, os pobres. Francisco fala que isso pode ser feito sob dois pontos de vista.
“Primeiro: como é o seu comportamento ou o comportamento dessa comunidade com os pobres? Segundo: essa comunidade é pobre? Pobre de coração, pobre de espírito? Ou coloca a sua confiança nas riquezas, no poder? Harmonia, testemunho, pobreza e coração de pobres, é isso que Jesus explicava a Nicodemos, esse nascer do Alto. (…) Que o Espírito Santo nos ajude a caminhar nesse caminho de renascidos pela força do batismo”. 
Por Rádio Vaticano

terça-feira, 29 de abril de 2014


Zdravo kraljice Mira - Medjugorje





Zdravo Kraljice mira, 
zdravo, Majko Ljubavi, 
zdravo Kraljice mira, 
zdravo, Majko Ljubavi, 
zdravo, zdravo, zdravo Marijo! 
zdravo, zdravo, zdravo Marijo! 
“Nesta vida ninguém vive sem cruz.”
“Devemos suportar tudo, porque o sofrimento é pequeno e a recompensa é grande.”
 

”Deus não deu todas as qualidades e nem deixou ninguém sem nenhuma qualidade. Por isso precisamos um dos outros.”  
“O amor por Deus e pelo próximo são uma só coisa.”




29 de abril, a Igreja celebra...

Santa Catarina de Sena

Neste dia, celebramos a vida de uma das mulheres que marcaram profundamente a história da Igreja: Santa Catarina de Sena. Reconhecida como Doutora da Igreja, era de uma enorme e pobre família de Sena, na Itália, onde nasceu em 1347.
Voltada à oração, ao silêncio e à penitência, não se consagrou em uma congregação, mas continuou, no seu cotidiano dos serviços domésticos, a servir a Cristo e Sua Igreja, já que tudo o que fazia, oferecia pela salvação das almas. Através de cartas às autoridades, embora analfabeta e de frágil constituição física, conseguia mover homens para a reconciliação e paz como um gigante.
Dotada de dons místicos, recebeu espiritual e realmente as chagas do Cristo; além de manter uma profunda comunhão com Deus Pai, por meio da qual teve origem sua obra: “O Diálogo”. Comungando também com a situação dos seus, ajudou-o em muito, socorrendo o povo italiano, que sofria com uma peste mortífera e com igual amor socorreu a Igreja que, com dois Papas, sofria cisão, até que Catarina, santamente, movimentou os céus e a terra, conseguindo banir toda confusão. Morreu no ano de 1380, repetindo: “Se morrer, sabeis que morro de paixão pela Igreja”.
 
Santa Catarina de Sena, rogai por nós!

Evangelho do dia ‣ 29/04/2014 (Jo 3,7-15)

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo João

3 7 Disse Jesus a Nicodemos: “Não te maravilhes de que eu te tenha dito: Necessário vos é nascer de novo. 8 O vento sopra onde quer; ouves-lhe o ruído, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai. Assim acontece com aquele que nasceu do Espírito”. 9 Replicou Nicodemos: “Como se pode fazer isso?” 10 Disse Jesus: “És doutor em Israel e ignoras estas coisas! 11 Em verdade, em verdade te digo: dizemos o que sabemos e damos testemunho do que vimos, mas não recebeis o nosso testemunho. 12 Se vos tenho falado das coisas terrenas e não me credes, como crereis se vos falar das celestiais? 13 Ninguém subiu ao céu senão aquele que desceu do céu, o Filho do Homem que está no céu. 14 Como Moisés levantou a serpente no deserto, assim deve ser levantado o Filho do Homem, 15 para que todo homem que nele crer tenha a vida eterna”.

- Palavra da Salvação.

segunda-feira, 28 de abril de 2014

O Céu está em festa...
E a Terra também!!!


Evangelho do dia ‣ 28/04/2014 (Jo 3,1-8)

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo João

3 1 Havia um homem entre os fariseus, chamado Nicodemos, príncipe dos judeus. 2 Este foi ter com Jesus, de noite, e disse-lhe: “Rabi, sabemos que és um Mestre vindo de Deus. Ninguém pode fazer esses milagres que fazes, se Deus não estiver com ele”. 3 Jesus replicou-lhe: “Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer de novo não poderá ver o Reino de Deus”. 4 Nicodemos perguntou-lhe: “Como pode um homem renascer, sendo velho? Porventura pode tornar a entrar no seio de sua mãe e nascer pela segunda vez?” 5 Respondeu Jesus: “Em verdade, em verdade te digo: quem não renascer da água e do Espírito não poderá entrar no Reino de Deus. 6 O que nasceu da carne é carne, e o que nasceu do Espírito é espírito. 7 Não te maravilhes de que eu te tenha dito: ´Necessário vos é nascer de novo´. 8 O vento sopra onde quer; ouves-lhe o ruído, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai. Assim acontece com aquele que nasceu do Espírito”.

- Palavra da Salvação.