"Mensagem da Rainha da Paz"

MENSAGEM DA RAINHA DA PAZ EM MEDJUGORJE DE 02.11.2017 “Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles. Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo. Existem muitos pecados, mas também muito amor. O Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos. Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará. Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam. Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações. Se vocês, meus filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho. Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”
MENSAGEM DA RAINHA DA PAZ EM MEDJUGORJE DE 25.10.2017 “Queridos filhos! Neste tempo de graça, convido-os a serem oração. Todos vocês têm problemas, aflições, sofrimentos e preocupações. Que os santos sejam para vocês um modelo e uma exortação à santidade. Deus estará perto de vocês e, através da sua conversão pessoal, vocês serão renovados em sua busca. A fé será para vocês esperança e a alegria reinará em seus corações. Obrigada por terem correspondido ao meu chamado.”

sábado, 11 de março de 2017

Simulação do aborto de Cristo

Em frente à Catedral de Tucumán na Argentina

EIS PORQUE UM CRISTÃO JAMAIS PODE SER OU DEFENDER O FEMINISMO:

Mais uma vez feministas blasfemam contra a fé católica e encenam Nossa Senhora cometendo aborto.
GRUPO DE FEMINISTAS FAZEM UMA ENCENAÇÃO ONDE NOSSA SENHORA ABORTA JESUS CRISTO E ISSO REVOLTA CATÓLICOS DO MUNDO INTEIRO!

Resultado de imagem para aborto” de la Virgen María en manifestación feminista

O Arcebispo de Tucumán (Argentina), Mons. Alfredo Zecca, expressou sua rejeição pela paródia de " aborto " da Virgem Maria durante uma marcha feminista encenado em 8 de Março.
Em um comunicado divulgado em 9 de Março, Mons. Zecca disse que "nós condenamos com profunda tristeza os acontecimentos infelizes que foram cometidos ontem, 08 de março, à tarde, na frente da Catedral de Tucuman profundamente fazê pessoa errada e imagem a Virgem Maria, Mãe de Deus, assim como a fé dos católicos tucumanos ".
Por ocasião do Dia da Mulher, um grupo de feministas fizeram uma manifestação pelas ruas principais de Tucuman.
Um grupo de manifestantes realizaram o aborto da Virgem Maria, com muita tinta vermelha para simular sangramento, em frente à Catedral de Tucuman.
Na sua declaração, o Arcebispo de Tucuman observou que "os fatos não são apenas ofensiva agressiva para todos os crentes, mas também para a dignidade das mulheres."
Mons. Zecca também lembrou que março é "o mês de reflexão sobre os direitos do nascituro" e convidou os fiéis católicos e à comunidade em geral, para a Marcha pela Vida e a Família , 25 de março de 18:00
Naquele dia, ele disse, vai passar a partir da Praça Urquiza à Catedral, para celebrar a Eucaristia juntos e fazer um pedido de desculpas ao doce nome de Maria e seu Filho, nosso Redentor.

Argentinos através da plataforma internacional CitizenGO, lançou uma campanha de recolha de assinaturas para José Ramiro Granado, delegado do Instituto Nacional contra a Discriminação, a Xenofobia e Racismo (INADI) em Tucuman, solicitando que "investigar os fatos e punir de modo que a discriminação e ódio com base na fé não quebrar a coexistência pacífica da Argentina."

Nenhum comentário:

Postar um comentário