"Mensagem da Rainha da Paz"

MENSAGEM DA RAINHA DA PAZ EM MEDJUGORJE DE 02.06.2017 "Queridos filhos, como em outros locais venho até vocês, também aqui estou lhes chamando para a oração. Orem por aqueles que não conhecem o Meu Filho, por aqueles que não conheceram o amor de Deus, contra o pecado, pelos consagrados - para aqueles que meu Filho chamou para ter Amor e espírito de força para com vocês, para com a Igreja. Orem ao Meu Filho, e o amor que você experimentar com a Sua proximidade lhes dará a forças para prepará-los para as obras de amor que farão em Seu nome. Meus filhos, estejam prontos. Esta vez é um ponto de viragem. É por isso que estou lhes chamando de novo para a Fé e a Esperança. Estou lhes mostrando o caminho pelo qual precisam ir, e esse são as palavras do Evangelho. Apóstolos do Meu Amor, o mundo tem tanta necessidade de seus braços levantados para o céu, em direção ao meu Filho, para o Pai Celestial. São necessárias muita humildade e pureza de coração. Tenham confiança no Meu Filho e saibam que vocês sempre podem ser melhores. Meu coração maternal deseja para vocês, apóstolos do meu amor, sejam pequenas luzes do mundo, iluminando aí onde a escuridão quer começar a reinar, mostrando o verdadeiro caminho com sua oração e amor, para salvar as almas. Eu estou com vocês. Obrigado por terem acolhido ao Meu Chamado."
MENSAGEM DA RAINHA DA PAZ EM MEDJUGORJE DE 25.03.2017 “Queridos filhos! Neste tempo de graça convido todos vocês a abrirem seus corações à misericórdia de Deus, para que, através da oração, da penitência e da decisão pela santidade, comecem uma vida nova. Este tempo primaveril os estimula, em seus pensamentos e corações, a uma vida nova, a uma renovação. Por isso, filhinhos, Eu estou com vocês para ajudá-los a dizerem, com determinação, "sim" a Deus e aos mandamentos de Deus. Vocês não estão sozinhos, Eu estou com vocês por meio da graça que o Altíssimo me concede para vocês e para seus descendentes. Obrigada por terem respondido ao meu chamado.”

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Mãe das Dores - oblação de si para uma civilização do Amor

“Quero ficar junto à cruz, velar contigo a Jesus e o teu pranto enxugar!”

Assim, a Igreja reza a Maria neste dia, pois celebramos sua compaixão, piedade; suas sete dores cujo ponto mais alto se deu no momento da Crucificação de Jesus. 
A devoção a Nossa Senhora das Dores possui fundamentos bíblicos, pois é na Palavra de Deus que encontramos as sete dores de Maria: 
  1. profecia de Simeão: uma lança que transpassaria o seu Coração Imaculado; 
  2. fuga para o Egito; 
  3. perda do Menino Jesus no Templo; 
  4. encontro com Jesus no Calvário; 
  5. Crucifixão e Morte de Jesus Cristo; 
  6. descida da Cruz;
  7. sepultura de Jesus.

Nós, como Igreja, não recordamos as dores de Nossa Senhora somente pelo sofrimento em si, mas sim, porque também, pelas dores oferecidas, a Santíssima Virgem participou ativamente da Redenção de Cristo. Desta forma, Maria, imagem da Igreja, está nos apontando para uma Nova Vida, que não significa ausência de sofrimentos, mas sim, oblação de si para uma civilização do Amor.

Nossa Senhora das Dores, 
rogai por nós!

Nenhum comentário:

Postar um comentário